Cifra Club

Aprenda

Jamais Jamais

Tavito

Ainda não temos a cifra desta música.

Lambuzar o coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que só digam sim e jamais jamais

Reativar a cor berrante e esquecer o tom pastel
Mais pro vermelho do Papai Noel
Mais pro boreal que incendeia o céu
Mais pra analina que colore tudo
Mais pro azul-piscina noites de luar
Como já se disse com muita esperteza
Gente é feita pra bilhar, que beleza
Quero tudo colorido pra poder
Praticar o gosto de olhar

E tornar a lambuzar
O coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que só digam sim e jamais jamais

E depois se admirar
Deixar o velho coração voar
Nas sempre jovens asas da emoção
Um balão rumando pelo ar

Reativar a cor berrante e esquecer o tom pastel
Mais pro vermelho do Papai Noel
Mais pro boreal que incendeia o céu

E de novo
Lambuzar o coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que jamais digam jamais

Mais pra analina que colore tudo
Mais pro azul-piscina noites de luar
Como já se disse com muita esperteza
Gente é feita pra bilhar, mais que beleza
Quero tudo colorido pra poder
Praticar o gosto de olhar

E tornar a lambuzar
O coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que só digam sim e jamais jamais

E depois se admirar
Deixar o velho coração voar
Nas sempre jovens asas da emoção
Um balão rumando pelo ar

Reativar a cor berrante e esquecer o tom pastel
Mais pro vermelho do Papai Noel
Mais pro boreal que incendeia o céu

E de novo, de novo lambuzar
O coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que jamais digam jamais

Composição de Dominguinhos/Renato Teixeira
Colaboração e revisão:
  • Marco Campos

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK