Cifra Club

Marijuana

Salpetrié

Cifra: Principal (violão e guitarra)
Tom: E
Intro: C#m B

[Refrão]
      C#m                B                        C#m                    B
As classes socias são separadas por membranas, por um que coça o saco e outro que corta cana.
    C#m                B                        C#m                B           C#m        B
Assim é a raça humana, não to fazendo drama. Libera o tabaco e proibe a marijuana.
C#m                B
Marijuana

C#m G#m
Enquanto a fumaça sobe, a brisa ja bate. A música toca espalhando sua arte.
Marijuana aguarde... 4:20 no movimento pela sua liberdade.
Não, diferenciam o joi do trigo, infelizmente pra muitos cannabis é igual a perigo. Plantar,
colher, bolar, ascender... Eu fumo a mais de mil anos e não enchergo mal nisso.
Porque é natural, faz minha cabeça de um jeito, sensacional, de cara eu encho meu peito. Vejo a fumaça subindo, minhas idéias fluindo, num céu azul que não acaba todo sorriso se abrindo.
Pras cores loucas de tudo respiro o verde da mata, vivendo em outro planeta com as pupilas dilatadas. Convivo em meio a gnomos e fadas do meu lado, que vivem a vida loucos, atrás do seu reino encantado. Julgado como marginal não me afeta, pra poucos cada louco tem sua mente de poeta. Cuidar da vida alheia nunca foi coisa honrada. Para de correr atras dos caras da lupa trincada!

[Refrão]
      C#m                B                        C#m                    B
As classes socias são separadas por membranas, por um que coça o saco e outro que corta cana.
    C#m                B                        C#m                B           C#m        B
Assim é a raça humana, não to fazendo drama. Libera o tabaco e proibe a marijuana.
C#m                B
Marijuana

C#m G#m
De roupa larga, largado, sem classe, crazy, magrelo, torrando a ponta com a ponta do dedo amarelo. Que sobe a onda que vai deixando a cabeça zen, sigo escrevendo minha história e o final dela é o além do horizonte, passa a bola Cheech and Chong, sente a vibe que se esconde na marófa de outros bong. Nós legaliza tudo e depois toma, relax, 4:20 apreciadores do aroma.
Tetrahidrocanabinol, vinho, acompanhados com um belo por do sol. O som rolando solto a gata do meu lado, me acompanha, vai, na bongada do haxixado. Que sempre acalma, expele toda impureza da minha alma. Conheço bem seus efeitos como a palma da minha mão. Então, aperta aquele finin no fim do dia que salva, essas horas, toma uma dura dos cana é osso. Chegam escumungando, gritado e falando grosso: "Cade as drogas?" eu quase falo no jeito... Um tanto o vento levo e o resto ta fazendo efeito. Na cabeça pensante que dispensa ofensa, um louco elegante que soma com a presença. Indiferente de crenças credos ou coisa e tal, buscando em cada ser, a paz espiritual. Estranho talvez o fato. É, enchergo mais que muitos leigos com meu olho avermelhado...

[Refrão]
      C#m                B                        C#m                    B
As classes socias são separadas por membranas, por um que coça o saco e outro que corta cana.
    C#m                B                        C#m                B           C#m        B
Assim é a raça humana, não to fazendo drama. Libera o tabaco e proibe a marijuana.
C#m                B
Marijuana
exibições 788
Acordes para:
    Colaboração e revisão:
    • Eduardo Biondo

    0 comentários

    mostrar mais comentários

    Conseguiu tocar?

    0 tocaram 0 ainda não

    Grave um vídeo tocando Marijuana e mande pra gente!

    00:00 / 00:00
    outros vídeos desta música
    repetir qualidade Automático
    Outros vídeos desta música
    00:00 / 00:00
    Automático
    OK