Cifra Club

Aprenda

Pasto

Tagore

Ainda não temos a cifra desta música.

Forcas que aparecem
Nessa vida
Deixam farpas e feridas
Preta ferrugem no coração

Desavisadamente cedido
Como janta do inimigo
Como bala presa no canhão
Deserto ou não?

Morte faz valer à pena a vida
Seja larga ou tão contida
Que nem toque a palma
Da minha mão

Mesmo que eu me cale
De tão tenso
Vejo a vida como um incenso
Se esvaindo pela imensidão
Depressa ou não
Não sou eu quem
Vai dizer o que é certo ou bom
Por mais que eu pense e creia
Que tudo é Deus
E o nada é como um dom

Metade do que eu queria dizer
Ficou bem na metade do caminho
E como eu queria dizer
Metade se foi, metade ficou

Metade do que eu queria viver
Ficou bem na metade do caminho
E como eu queria viver
Metade se foi, me modificou

Composição de João Cavalcanti/Tagore Suassuna
Colaboração e revisão:
  • Tagore Suassuna

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK