Cifra Club

Aprenda

Heartwork

Carcass

Obras Profundas

Letra

Works of art, painted black
Magniloquent, bleeding dark
Monotonous palate, murky spectrum, grimly unlimited
Food for thought, so prolific
In contrasting shades, forcely fed
Abstraction, so choking, so provocative

A canvas to paint, to degenerate
Dark reflections - degeneration
A canvas to paint, to denigrate
Dark reflections, of dark foul light

Profound, aesthetic beauty
Or shaded, sensary corruption
Perceptions, shattered, splintered, mirroring
In deft taints, diluted, tinted
Spelt out, in impaired colour
Denigrating, going to paints to pain - not a pretty picture

A canvas to paint, to degenerate
Dark reflections - degeneration
A canvas to paint, to denigrate
Dark reflections, of dark foul...

Works of heart bleeding dark
Black, magniloquent art
Monotonous palate, murky spectrum, grimly unlimited
Prolific food for thought
Contrasting, fed with force
Abstraction, so choking, so provocative

Bleeding works of art
Seething work so dark
Seering words from the heart

(Lead - Steer)

A canvas to paint, to degenerate
Dark reflections - degeneration
A canvas to paint, to denigrate
Dark reflections, of dark foul...

(Lead - Amott)

A canvas to paint, to degenerate
Dark reflections - degeneration
A canvas to paint, to denigrate
Dark reflections, of dark foul light

Obras de arte, pintada em preto
Magníloquo, em sangramento escuro
Palato monótono, espectros sombrios, terrivelmente ilimitados
Alimento para reflexão, tão prolífico
Em sombras contrastantes,alimentados forçadamente
Abstração, tão sufocante, tão provocativa

Uma tela de pintura, a degenerar
Reflexões sombrias - degeneração
Uma tela para pintar, para denegrir
Reflexões sombrias, de luz sombria e imunda...

Profunda, na beleza estética
Ou oculta, em corrupção sensória
Percepções, destroçadas, estilhaçadas, refletindo
Em impurezas hábeis, diluída, tingida
Enunciada, em cor defeituosa
Denegrindo, indo das tintas a dor - não é uma bela pintura

Uma tela de pintura, a degenerar
Reflexões sombrias - degeneração
Uma tela para pintar, para denegrir
Reflexões sombrias, de luz sombria e imunda...

Obras profundas sangrando escuro
Negro, arte magníloqua
Palato monótono, espectros obscuros, terrivelmente ilimitados
Alimento prolífico para a reflexão
Contrastantes, alimentados com força
Abstração, tão sufocante, tão provocativa

Obras de arte que sangram
Obra tempestuosa tão sombria
Palavras profetizantes do coração

(conduzido por Steer)

Uma tela de pintura, a degenerar
Reflexões sombrias - degeneração
Uma tela para pintar, para denegrir
Reflexões sombrias, de sombria e imunda...

(conduzido por Amott)

Uma tela de pintura, a degenerar
Reflexões sombrias - degeneração
Uma tela para pintar, para denegrir
Reflexões sombrias, de luz sombria e imunda...

Composição de Jeff Walker/Michael Amott/William Steer
Colaboração e revisão:
  • Renan Oliveira
  • Ana Oliveira
1 exibições

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
OK