Enviar cifraEntrar

Delirium Trigger

Coheed And Cambria

Gatilho Delírio

Letra

we're now up here alone terror on the intercom can someone save us
systems malfunction blast it this damn machine over and out captain
something lurks creeps on the counter top somewhere behind you
parasitic cyst i can't stand to watch it's coming up and out of your chest

remember when we were young
sit up right on the table a photograph of earth feeding me a way back
frightened i tear alone or maybe not the the only one there
hello... hello when it rings will you answer?
there corner tall short stance
it's you come on kill me!!

you made a good friend to me but while you were outnumbered
and torn you made us do things

oh dear god, i don't feel alive when you're cut short of misery
will you pray it be the end? give a look surprised wide eyes to me
then you'll know just what i am the scare that triggers your fear
come know me in a different light come know me as god

you made a good friend to me but while you were outnumbered
and torn you made us do things to you

run sand hourglass its my time will i be worth?
spin 'round carousel when your horse isn't screwed in

oh dear god, i don't feel alive when you're cut short of misery (raise forth lost cause)
will you pray it be the end? give a look surprised wide eyes to me (raise forth lost cause)
then you'll know just what i am (subtle demise the legitimate cry)
the scare that triggers your fear come know me in a different light now
come know me as god (raise forth lost cause)

Agora estamos aqui em cima sozinhos terror no interfone alguém pode nos salvar?
Sistemas não funcionam destrua essa droga de máquina câmbio, capitão
Alguma coisa espreita, aparece no balcão atrás de você
Cisto parasita, não consigo olhar está saindo do seu peito

Lembra de quando éramos jovens
Fica na mesa uma fotografia da terra me dando um caminho de volta
Assustado eu rasgo sozinho ou talvez não seja o único de lá
Alo...alo, quando tocar você vai atender?
Lá no canto, mantenha a postura
É você, venha me matar!!

Você foi um bom amigo pra mim mas quando você estava em minoria
E dividido, eles nos obrigaram a fazer coisas boas

Oh meu deus, eu não me sinto vivo quando você está cortado da miséria
Você reza pra que seja o fim? me dê um olhar surpreso, arregalado
Então você saberá exatamente que eu sou o susto que provoca o seu medo
Venha me conhecer sob uma luz diferente agora venha me conhecer como deus

Você foi um bom amigo pra mim mas enquanto você estava em minoria
Nos obrigou a fazer coisas pra você

Areia passando pela ampulheta no meu tempo, eu valho a pena?
Rode o carrossel quando seu cavalo não estiver preso

Oh meu deus, não me sinto vivo quando você corta a miséria(aumenta a quarta causa perdida)
Você reza pra que seja o fim? me dê um olhar surpreso, arregalado (nasce a quarta causa perdida)
Então você vai saber o que eu sou( sutil morte do grito legítimo)
O susto que provoca o seu medo venha me conhecer sob uma luz diferente agora
Venha me conhecer como Deus(nasce a quarta causa perdida)

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
    Composição: Coheed and CambriaColaboração e revisão:
    • Gerson Andrade
    • Pedro Ferreira

    0 comentários

      mostrar mais comentários
      00:00 / 00:00
      outros vídeos desta música
      repetirqualidadeautomática
      • automática
      Outro vídeos desta música
        00:00 / 00:00
        automática
        • automática
        Acordes para:violão e guitarra
        dificuldadeexibiçõescontribuições
        2 versões de Tab de baixoexibiçõescontribuições
        2 versões de Guitar Proformatodownloadscontribuição
        fecharplay/pause subir/descer velocidade
        fechar
        OK