Cifra Club

Aprenda

Anjo de Asas Negras (part. Negra Li)

Fabio Brazza

Letra

Ainda hoje eu me pergunto, man
Por que se foi tão cedo?
A vida ainda te revelaria tantos segredos
Ainda hoje eu me pergunto, man
Por que se foi tão cedo?
A vida ainda te revelaria tantos segredos

Oh man, onde quer que você esteja, quero que tenha certeza
Será pra nós, um anjo de asas negras, um anjo de asas negras
Oh man, onde quer que você esteja, quero que tenha certeza
Será pra nós, um anjo de asas negras, um anjo de asas negras

Moleque do bom, tinha tanto dom
Chamou atenção da rapaziada
Sabote no som, maestro canão
Inspirou os irmão com a sua levada
O branco e o preto unido, resposta que cala os ridículos
O rap é compromisso, nós somos seus discípulos
Pique Clementina de Jesus, repentina luz
Quebrou tabus, premio Hutuz, 2 filmes no currículo
Carandiru e Invasor com Paulo Miklos
Brooklin sul, seus versos são versículos, bélicos, bíblicos
Maquiavélicos, tesouros líricos, abre-te sésamo
O álbum do século, um símbolo, um príncipe do Ébano
Um Black Pégasos, um ídolo
Sabotage uma homenagem é o mínimo
Segue vivo nos corações
Daqueles que sabem que seus raps são bem mais que clássicos, são orações
E quando cantamos expressamos nossa fé devota
Se eles tem Tupac a gente tem Sabota
A e se liga na fita danados otários estão maquinados no morro
As armas de fogo calaram o mano que fazia o rap mais louco
E o nosso mestre foi cantar pra Deus
E aqui debaixo a gente canta os hinos de Mauro Matheus

Oh man, onde quer que você esteja, quero que tenha certeza
Será pra nós, um anjo de asas negras, um anjo de asas negras
Oh man, onde quer que você esteja, quero que tenha certeza
Será pra nós, um anjo de asas negras, um anjo de asas negras

Hoje choveu nas espraiadas polícia sai do pé, polícia sai do pé
Mas mesmo assim ninguém sabe de nada, calaram Marielle da favela da Maré
Se foi o meu irmão até, nosso povo morre à margem, difícil de manter a fé
Sabotage, pouco mudou por aqui, nossa mensagem precisa se fazer ouvir!
Elza Soares, Dina Di, Negra Li, resistir pique Dandara, Dona Ivone Lara, Leci
Nosso povo mostra a cara
Somos fogo contra fogo e não, nada nos parará
Mas é só olhar nos presídios e cemitérios
O negro no Brasil nunca é levado a sério
E a gente ainda corre o risco, mundão arisco
Essa é por Mauro Matheus e Gilson Francisco
Meus irmãos que descansam em um bom lugar
É por vocês que ainda tenho forças pra lutar
É por vocês que ainda tenho que continuar

Ainda hoje eu me pergunto, man, por que se foi tão cedo
A vida ainda te revelaria tantos segredos
Ainda hoje eu me pergunto, man, por que se foi tão cedo
A vida ainda te revelaria tantos segredos

Oh man, onde quer que você esteja, quero que tenha certeza
Será pra nós, um anjo de asas negras, um anjo de asas negras
Oh man, onde quer que você esteja, quero que tenha certeza
Será pra nós, um anjo de asas negras, um anjo de asas negras
Sabotagem, Gilson, Marielle hei

Composição de Fábio Rebouças de Azeredo/Oswaldo Dias Garcia
Colaboração e revisão:
  • Jonathan Leal
  • Stefane Jacinto

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK