Cifra Club

Aprenda

Décima do Potro Baio

Noel Guarany

Cifra: Principal (violão e guitarra)
tom: A
Intro.: A E7 A 
 
                 E7                        A 
Eu sai pela fronteira ver negócio de importância 
                         E7                       A 
Que é pra ver se me ajustava de capataz de uma estância 
                     E7                      A 
Cheguei lá e me ajustei, donde havia uma potrada 
                      E7                    A 
Onde tinha um bagual baio respeitado da peonada 
Int. 
                  E7                     A 
Baio da venta rasgada carunchado nos cornilho 
                       E7                       A 
Foi o que mais me agradou para sentar o meu lombilho 
                         E7                     A 
Pra encilhar o venta rasgada custou uma barbaridade 
                      E7                       A 
Baixou a cabeça na estância foi levantar na cidade 
Int. 
                      E7                    A 
Da estância para a cidade regulava légua e meia 
                      E7                     A 
E onde o baio se acalmou foi na venda do Gouveia 
                     E7                         A 
E eu apeei lá no Gouveia pra um trago de vinho 
                    E7                          A 
Depois belisquei o baio desde a marca inté o focinho 
Int. 
                 E7                     A 
Este baio corcoveava mesmo que boi tafoneiro 
                    E7                     A 
Pois já tava acostumado corcovear o dia inteiro 
                          E7                         A 
Bombeei pra um oitão dum rancho vi uma prenda me espiando 
                E7                      A 
O baio não via nada e continuava corcoveando 
Int. 
                 E7                      A 
Menina, minha menina me agarra senão eu caio 
                    E7                       A 
Que eu a venho sufocado com o balanço deste baio 
                  E7                     A 
Uma espora sem roseta e a outra sem papagaio 
                       E7                    A 
Se as duas estivessem boas, que seria desse baio 
Int. 
                    E7                        A 
Quase arrebentei o pulso e as duas canas do braço 
                  E7                        A 
Deixei o baio bordado de tanta espora e mangaço 
                   E7                         A 
Um dia deixei a estância e fui cumprir minha sina 
                  E7                       A 
Mas o baio ficou manso inté pro selim de china 
Int.
Compositor não encontrado.
11.894 exibições
    • ½ Tom
    • A
    • Bb
    • B
    • C
    • Db
    • D
    • Eb
    • E
    • F
    • F#
    • G
    • Ab
  • Adicionar à lista

    0 comentários

    Ver todos os comentários

    Conseguiu tocar?

    0 Tocaram 0 Ainda não

    Grave um vídeo tocando Décima do Potro Baio e nos envie!

    00:00 / 00:00
    Outros vídeos desta música
    Repetir Qualidade Automático
    Outros vídeos desta música
    00:00 / 00:00
    Automático

    Cifra Club Pro

    Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
    Cifra Club Pro
    Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
    OK