Cifra Club

Aprenda

Insatante Sublime

Playa Limbo

Instante sublime

Ainda não temos a cifra desta música.

Un instante sublime
Es lamento de la realidad
Corazones que viven sensaciones al tocar
Un instante sublime
Mas memorias que recordar
Como ellas que imprimen su calor en el cristal

Un instante de vida
Yo daría por regresar
La ternura perdida en aquel viejo lugar
Un eterno segundo
En que el humo de vainilla se va
Respirando profundo y si fuera la ultima

Entre frases azules que das
Tu mirada de pronto no es suficiente
Es tan solo un segundo de amar
Para ver que la vida no se detiene

Zarpar a la aventura y dejarse llevar
Lanzarse a romper el aire con las manos
Ser tres en el instinto no querer controlar
Tan solo en un impulso ya estar fuera de la gravedad
Un instante sublime

Un instante sublime
Es lamento de la realidad
Corazones que viven sensaciones al tocar
Un instante sublime
Mas memorias que recordar
Como ellas que imprimen su calor en el cristal

Entre frases azules que das
Tu mirada de pronto no es suficiente
Es tan solo un segundo de amar
Para ver que la vida no se detiene

Zarpar a la aventura y dejarse llevar
Lanzarse a romper el aire con las manos
Ser tres en el instinto no querer controlar
Tan solo en un impulso ya estar fuera de la gravedad
Un instante sublime

um instante sublime
é lamento da realidade
corações que vivem sensações ao tocar
um instante sublime
mais memorias que lembrar
como elas que imprimem seu calor no cristal

um instante de vida
eu daria por voltar
a ternura perdida naquele velho lugar
um eterno segundo
em que a fumaça de baunilha se vai
respirando profundo e se fosse a ultima

entre frases azuis que da
teu olhar logo não é suficiente
é tão somente um segundo de amar
para ver que a vida não se detem

zarpar a aventura e se deixar levar
se lançar a romper o ar com as mãos
ser tres no intestino não quero controlar
tão somente no impulso já esta fora da gravidade
um instante sublime

um instante sublime
é lamento da realidade
corações que vivem sensações ao tocar
umunstante sublime
mias memorias que lembrar
como elas que imprimem seu calor no cristal

entre frases azuis que da
teu olhar logo não é suficiente
é tao somente um segundo de amar
para ver que a vida não se detem

zarpar a aventura e se deixar levar
se lançar a romper o ar com as mãos
ser tres no intestino não quero controlar
tão somente no impulso já esta fora da gravidade
um instante sublime

Composição de Jorge Corrales
Colaboração e revisão:
  • Flávio Sanches
  • Dayanne Lopes

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
OK