Cifra Club

Aprenda

Supposed To Be

Tom Odell

Era Para Ser

Letra

Sat on the rooftop
Watching the birds flying free
Watching the clouds walk
Watching the rain become the sea
Hearing my love talk
In every breathe she ever breathes
Like it was always supposed to be
Like that

But then we broke up
And she went west and I went east
She got a new boyfriend
A little too soon if you're asking me
But I've heard that she loves him
A little bit more than she'll ever love me
And it was always supposed to be
Like that

I looked to the skyline
And said: "how many falls until I fly?"
Looked to the old times
And said: "how many roads until I find?"
And oh it's tough now
Cause love always, love always is unkind

I sat on the rooftop
And I watched the birds flying free
I watch the clouds walk
And I watch the rain become the sea
And just for a moment
Just for a moment I felt so free
From all I'm supposed to be

I looked to the skyline
And said: "how many falls until I fly?"
Looked to the old times
And said: "how many roads until I find?"
And oh it's tough now
Cause love always, love always is unkind

Sentou-se no telhado
Assistindo os pássaros voando livre
Assistindo as nuvens andar
Assistindo a chuva se tornar o mar
Ouvindo meu amor falar
Em cada respiração que ela já respirou
É como se sempre foi suposto
Ser assim

Mas, então, nós terminamos
E ela foi para o oeste e fui para o leste
Ela tem um novo namorado
Um pouco cedo demais, se você está me perguntando
Mas eu ouvi dizer que ela o ama
Um pouco mais do que ela jamais vai me amar
E sempre foi suposto
Ser assim

Eu olhei para o horizonte
Eu disse: "quantas quedas até eu voar?"
Olhei para os velhos tempos
Eu disse: "quantos erros até eu estar certo?"
Eu sei que é difícil agora
Mas sempre é o amor, sempre o amor é cruel

Eu sentei no telhado
E eu vejo os pássaros voando livre
Eu vejo as nuvens andar
E eu assisto a chuva se tornar o mar
E só por um momento
Só por um momento eu me senti tão livre
Como se sempre fosse suposto

Eu olhei para o horizonte
Eu disse: "quantas quedas até eu voar?"
Olhei para os velhos tempos
Eu disse: "quantos erros até eu estar certo?"
Eu sei que é difícil agora
Mas sempre é o amor, sempre o amor é cruel

Colaboração e revisão:
  • Del Banks
  • beatriz oliveira

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK