Cifra Club

6 dicas matadoras de como cantar bem

Este artigo foi feito para você que quer aprender, de maneira definitiva, como cantar bem e avançar no nível técnico vocal!

Vocalista cantando segurando microfone condensador
A busca incessante por melhoria no canto é crucial para se tornar bom ou boa vocalista (Foto/Freepik)

Por mais que tenha talento, quem gosta de cantar ou quer fazer isso profissionalmente, em algum momento, acaba se perguntando como cantar bem. Até mesmo quando a pessoa já tem uma boa base de como cantar e conhecimentos fundamentais da própria voz. Afinal, a busca pela excelência é uma das coisas que nos trouxeram tão longe enquanto espécie.

Então, se está à procura de dicas ou uma luz sobre o caminho que leva ao aperfeiçoamento técnico vocal, você acaba de chegar ao lugar certo! Confira, a seguir, os principais fundamentos necessários para, de fato, aprender como cantar bem. Portanto, prepare-se: o sucesso está logo adiante, apenas à sua espera!

Afinal, como cantar bem?

Alguns spoilers: não tem como cantar bem sem estudar canto ou se dedicar intensamente a isso. Além disso, quando se decide se profissionalizar no canto, entram em cena os cuidados com a voz que devem ser observados.

Afinal, ela se torna um instrumento de trabalho, como um violão ou um piano. Ou seja, não deve ser exposta a riscos desnecessários.

Assim, embora as dicas a seguir sejam um ótimo guia para cantar bem, nada substitui o esforço pessoal e a busca constante por conhecimento! Então, mantenha o foco, aprofunde-se no assunto e faça o melhor proveito de nossas dicas cuidadosamente selecionadas para você!

1. Ajuste a mentalidade

A primeira coisa que você precisa fazer é colocar na cabeça que qualquer pessoa pode cantar. Até podemos achar algumas vozes mais agradáveis que outras, mas é importante saber que mesmo a qualidade da voz pode ser trabalhada.

Além disso, as noções de “voz boa” ou “voz ruim” dependem muito de questões de gosto! Então, aquilo que desagrada os ouvidos de alguns pode soar como um coral de anjos para outros.

A questão principal aqui é que não tem como cantar bem sem acreditar que você pode. Quando falamos em “soltar a voz“, a expressão reflete também a necessidade de se desprender de julgamentos e do medo de soar mal ou estar errado.

E se esta explicação não foi suficiente para te convencer, ouça a resposta da instrutora Natália Sandim à pergunta sobre se qualquer pessoa pode cantar:

2. Organize-se e foque nos estudos

O segundo passo para aprender a cantar bem é tirar desse corpo a preguiça de estudar canto e mergulhar de cabeça na busca por aprendizado.

E isso se refere tanto à prática constante de exercícios e treinamentos quanto ao conhecimento necessário a respeito de teoria musical.

Para começar, por exemplo, você precisa entender fundamentos como harmonia, melodia e ritmo para ter alguma noção do que está fazendo de forma certa ou errada. Na prática, precisa conhecer e aplicar exercícios de aquecimento vocal e outros que trabalhem aspectos específicos do canto. Por exemplo, a afinação.

Então, estabeleça um cronograma de estudos e dedique-se a esse aprendizado constante. 

A frequência e o tempo de estudo dependem de sua disponibilidade e interesse, mas o indicado é estudar diariamente, de 30 minutos a uma hora.

Para estabelecer tanto o cronograma quanto os conteúdos a estudar, o ideal é contar com a orientação de um profissional, que entenderá melhor suas necessidades. Ainda assim, é possível encontrar bons materiais para aprender por conta própria, embora isso possa ter limitações e exija um certo cuidado com as fontes consultadas.

Confira outras dicas imperdíveis para dar os seus primeiros passos no aprendizado do canto:

3. Descubra sua identidade como vocalista

Uma parte importante em seu processo de aprendizado é encontrar um estilo com que você se identifica mais e investir nele. Em geral, essa identificação acontece por questões de gosto, mas também é comum que algumas vozes “se encaixem” melhor em um estilo do que em outros.

De qualquer forma, a menos que você faça questão de cantar somente seu gênero musical preferido, essa descoberta pode acontecer com o tempo e a prática. E, assim, nesse sentido, é interessante experimentar diferentes estilos musicais no começo do aprendizado. Além disso, leve em conta que alguns estilos são mais fáceis de cantar quando você está começando!

Outra questão importante nesse quesito é a tendência de muitos principiantes a imitarem outros cantores. Apesar da imitação fazer parte de qualquer processo de aprendizado, é importante, desde cedo, entender a própria voz, conhecendo e respeitando suas limitações e potencialidades. Afinal, é a sua voz que você quer e precisa desenvolver.

Uma forma de evitar a imitação é ouvir a mesma música interpretada por cantores diferentes.

4. Prepare-se para apresentações ao vivo

O momento de cantar ao vivo pode representar um verdadeiro desafio e é bom se preparar para ele da melhor forma possível.

Além de conhecer muito bem a música, é importante também preparar e treinar a sua performance física. Você irá dançar enquanto canta? Quais gestos e expressões fará? Vai cantar o tempo todo no centro do palco? Segurando o microfone? Vai cantar e tocar ao mesmo tempo?

Uma boa preparação nesse sentido ajuda a vencer a timidez e traz mais segurança na hora de se apresentar. Mas não é somente por isso que planejamento e preparação são importantes. Acontece que sua postura e movimentação também afetam diretamente a qualidade do seu canto.

Por exemplo, é muito diferente cantar em pé ou sentado. Em pé, a qualidade técnica do seu canto tende a ser maior do que sentado. 

Ainda assim, saber disso não significa que exista uma forma ou postura “mais correta” que outra para cantar em apresentações. Há muitas questões que entram em jogo nesse aspecto, como o espaço de apresentações ou a estética do show.

5. Atente-se aos instrumentos e aos equipamentos

Outra questão que precisa fazer parte da sua rotina de estudos é sobre os equipamentos que serão utilizados em apresentações. E isso inclui os instrumentos musicais, para aqueles que tocam e cantam ao mesmo tempo.

Tocar e cantar simultaneamente pode ser bem difícil, a princípio, e pode exigir uma segmentação dos estudos quando se está começando. Mas, com tempo e prática, qualquer músico pode tirar isso de letra!

Em relação a outros equipamentos de som, é bastante importante que em seus estudos você se habitue a gravar-se cantando. Isso ajudará a entender melhor como usar o microfone e afastará o estranhamento experimentado nas primeiras vezes que escutamos nossa voz gravada.

O mesmo recurso de gravar a si mesmo pode ser bem útil para treinar a performance física, usando, para isso, a gravação em vídeo.

6. Pratique diversos recursos técnicos do canto

Há uma quantidade bem grande de recursos vocais que podem ser utilizados para “dar uma enfeitada” na sua maneira de cantar.

A simples mudança de tom durante o canto ou o uso do falsete pode servir como enfeite, mas há técnicas ainda mais avançadas e complexas.

Os chamados ornamentos vocais incluem técnicas como vibratos e melismas, que, em geral, exigem bastante prática e compreensão teórica.

Assim, voltamos mais uma vez à importância de estudar canto e de conhecer profundamente o funcionamento e capacidades de sua própria voz.

Já a chamada segunda voz exige um bom conhecimento de harmonia, melodia e escalas musicais. Ela vai além da mera mudança de tom e pode ser um recurso muito rico para embelezar músicas de diversos estilos.

Confira abaixo nossa videoaula introdutória sobre efeitos e ornamentos vocais e, para se aprofundar no tema, prossiga também para as aulas seguintes!

Estudar canto é saber como cantar bem

Como você pode ver, qualquer solução para a questão de como cantar bem envolve disposição para praticar e estudar canto ou assuntos relacionados.

Basicamente, a coisa toda começa em sua cabeça, e você vai precisar dela até mesmo para a liberdade de cantar com o coração sem perder qualidade.

Por isso, não pare por aqui, mas siga adiante em sua trajetória de aperfeiçoamento ao terminar essa leitura. Para contar com ensino qualificado com aulas que você pode assistir sem sair de casa, conheça o curso de canto do Cifra Club Academy! Ademais, acredite em você e continue perseguindo seus sonhos!

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK