Cifra Club

Rage Against The Machine convida Susan Boyle para cantar em show

Zach De La Rocha
Zack De La Rocha: "Amamos Susan Boyle, ela é o máximo"

O Rage Against The Machine, grupo americano de rock com letras politicamente engajadas, pretende convidar a escocesa Susan Boyle para participar de um show do grupo.

A ideia da mistura pouco convencional surgiu depois que o RATM fez uma campanha bem sucedida para derrubar o cantor Joe McElderry da parada britânica no final de 2009. Joe foi o vencedor do programa “The X-Factor” e faz parte do selo SyCo, do empresário Simon Cowell, o mesmo empresário de Susan Boyle (que também foi descoberta em um programa de TV).

Zack de La Rocha, vocalista do RATM, disse ao jornal britânico “The Sun” que quer desfazer a imagem de que há ressentimento entre sua banda e o empresário.

“Simon achou que [a campanha] era uma provocação, mas a verdade é que o público inglês queria uma mudança. Acho que ninguém ouviu nada de Joe desde o Natal, mas não temos nada contra ele. Os programas de Simon às vezes revelam talentos verdadeiros”.

“Nós amamos Susan Boyle, ela é o máximo”, disse o cantor. “Para mostrar que não há ressentimentos, gostaríamos que ela se apresentasse conosco. Ela é uma ótima cantora e nós adoraríamos tocar ‘Killing in The Name’ com ela. Ela pode cantar qualquer coisa, seria uma honra.”

Os cantores vencedores do programa “The X-Factor”, de Simon Cowell, costumam sempre estar entre os primeiros das paradas britânicas de singles natalinos. No ano passado, o Rage Agains The Machine usou o Facebook para convocar seus fãs a comprarem suas músicas em massa como uma forma de protesto contra a hegemonia do pop fabricado pela TV. A campanha deu certo, e a renda obtida com as músicas vendidas do RATM foi doada a instituições de caridade.

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK