Cifra Club

Cifra Club 14 anos: O que aconteceu na música há 14 anos

Pode até não parecer mas 1996 já está bem distante. 14 anos de distância para ser mais preciso. E naquele longínquo ano de 1996 nascia o Cifra Club, para a alegria daqueles que para aprender a tocar violão tinham que gastar seu suado dinheirinho com revistas de cifras e songbooks caros, lembra deles?

Neste 14 anos de estrada o Cifra Club também investiu em conteúdo diferenciado, como notícias e também videoaulas para facilitar ainda mais a vida dos que querem aprender a tocar suas músicas favoritas no violão.

Para comemorar tudo isso o Cifra Club está sorteando mais de 170 prêmios para seus usuários. Para participar é só passar na página da promoção.

E também para refrescar nossas memórias o Cifra Club News preparou uma lista com 14 fatos importantes na música acontecidos há 14 anos. Confira nas próximas páginas!

[fim_pag]

As Spice Girls ganham o mundo com o single “Wannabe”

As Spice Girls
As cinco garotas inglesas das Spice Girls viram mania mundial já com o primeiro single, “Wannabe”, lançado em junho de 1996. A música faz parte do disco de estreia das garotas, “Spice”, lançado também em 1996.

Só esta música alcançou o topo das paradas de 31 países, e os próximos singles, “Say You’ll Be There” e a romântica “2 Become 1” também fizeram bonito nas rádios do mundo.

Veja abaixo o clipe de “Wannabe”, primeiro sucesso das Spice Girls.

[fim_pag]

Morrem os Mamonas Assassinas em um acidente de avião

O sucesso dos Mamonas Assassinas durou apenas 7 meses

Os inesquecíveis Mamonas Assassinas tiveram uma carreira de sucesso incrivelmente curta – apenas 7 meses – mas que já foi o suficiente para marcar a história da música nacional.

O bom humor do quinteto de Guarulhos conquistou o país em julho de 1995, mas a carreira e a vida dos mamonas terminou no dia 2 de março de 1996, quando toda a banda morreu em um acidente de avião na Serra da Cantareira, em São Paulo. Abaixo você pode ver um dos clipes do grupo, “Pelados Em Santos”.


[fim_pag]

Acontece a primeira edição do Ozzfest, o festival de Ozzy Osbourne

O Ozzfest nasceu após Ozzy ter sido recusado pelo festival Lollapalooza

Um dos maiores festivais de rock pesado dos Estados Unidos nasceu após Ozzy Osbourne ter sido recusado como atração pelo festival Lollapalooza. Sharon Osbourne, esposa e empresária de Ozzy, foi quem teve a idéia inicial do Ozzfest.

O Ozzfest acontece até hoje e teve sua última edição em 2010, com quatro dias de shows nos Estados Unidos em agosto, um dia na Inglaterra e um dia em Israel. Costumam participar do festival atrações como Pantera, Slayer, Slipknot, Metallica e, claro, Ozzy Osbourne.

[fim_pag]

Renato Russo morre aos 36 anos vítima da AIDS

Renato Russo era soropositivo desde 1989

Morre no Rio de Janeiro no dia 11 de outubro de 1996 um dos maiores compositores do rock nacional: Renato Russo. O ex-líder do Legião Urbana era soropositivo desde 1989, apesar de nunca falar muito sobre o assunto com a imprensa.

Renato Manfredini Júnior, nome real de Renato Russo, tinha 36 anos quando morreu em decorrência de infecção pulmonar e anemia profunda agravadas pelo vírus HIV, que enfraquece o sistema imunológico do portador. Ele deixou para trás um filho, Giuliano Manfredini, e um legado que dura até hoje entre seus fãs.

[fim_pag]

Ter um Walkman era o sonho de muitos jovens loucos por música

Imagem do Walkman clássico, modelo TPS-L2 (1979)

Hoje você não sai de casa sem seu tocador de MP3? Pois em 1996 o Walkman (inventado em 1978) ainda reinava absoluto nas cinturas dos jovens, que em vez de criar playlists no PC se empenhavam em gravar suas músicas favoritas em incontáveis fitas cassete.

Ao mesmo tempo o Discman (criado em 1984) começava a se popularizar por aqui também, apesar de ainda ser bem mais caro do que um Walkman. O iPod só foi inventado em 2001, e mesmo assim o MP3 ainda não era tão popular como hoje. Abaixo você pode ver um comercial bem antigo do Walkman, de 1985.


[fim_pag]

Os lançamentos mais quentes da música ainda vinham em CD, cassete e LP

O cassete e o LP ainda eram comuns em 1996, junto aos CD's

Dá para acreditar quem em 1996 alguns artistas, principalmente no Brasil, ainda lançavam seus trabalhos em CD, cassete e LP? Há 14 anos o CD já estava bem popular, mas ainda havia aqueles que não tinham um tocador de CD em casa e então partiam para o disco de vinil já consagrado.

As fitas cassete originais também circulavam bem e eram uma opção mais barata do que os CD’s e os discos de vinil. A pirataria também se aproveitava muito das fitas cassete, já que gravar CD’s em casa naquela época era algo praticamente impossível.
[fim_pag]

Michael Jackson vem ao Brasil gravar o clipe de “They Don’t Care About Us”

Michael gravou seu clipe em Salvador e no Rio

O país parou no dia 3 de fevereiro de 1996 quando o maior astro da história da música pop, Michael Jackson, veio para cá gravar o clipe da música “The Don’t Care About Us”, do álbum “HIStory”.

O vídeo foi dirigido por Spike Lee e gravado no Pelourinho, em Salvador, e na favela Dona Marta, no Rio. Participaram do vídeo membros do grupo Olodum.

O clipe completo pode ser visto abaixo.

[fim_pag]

Os Ramones fazem em Hollywood o último show da carreira

Os Ramones são considerados uma das maiores bandas de Punk da história

Considerada uma das maiores bandas do movimento Punk, os Ramones fizeram no dia 6 de agosto de 1996 seu último show, que aconteceu no The Palace, em Hollywood. Participaram do show convidados como Eddie Vedder, Lemmy Kilmister, Chris Cornell do Soundgarden e Dee Dee Ramone, que havia saído do grupo em 1989.

O áudio deste show foi lançado em CD e contém nada menos do que 32 músicas, executadas em pouco mais de uma hora de concerto.

Veja abaixo um trecho do show final dos Ramones em 1996.

[fim_pag]

O guitarrista Slash anuncia sua saída do Guns N’ Roses

O guitarrista Slash (de cartola) e o vocalista Axl Rose (de bandana) não se davam muito bem em 96

16 de outubro de 1996 é uma data que ficou marcada na memória dos fanáticos pelo Guns N’ Roses, afinal saia do grupo o guitarrista e uma das principais figuras da banda, Slash.
O grupo não lançava disco desde “The Spaghetti Incident”, um CD de covers de 1993, e o clima não era dos melhores entre o vocalista Axl Rose e Slash.

Quase um ano após a saída de Slash o baixista Duff McKagan também abandona a banda, deixando apenas Axl como membro da formação de maior sucesso do Guns N’ Roses.

Abaixo você pode ver o clipe do maior clássico do Guns, “Sweet Child O’ Mine”:

[fim_pag]

Mariah Carey, Boyz II Men e Toni Braxton eram os grandes hits de 1996

As capas de "One Sweet Day" e "Un-Break My Heart"

Enquanto hoje as paradas gringas são dominadas por músicas pop dançantes, em 1996 o início e final do ano foram embalados por canções mais calmas, românticas e feitas para dançar coladinho.

No dia 1º de janeiro de 1996 a parceria de Mariah Carey e Boyz II Men com a música “One Sweet Day” estava em primeiro lugar na parada Hot 100 da Billboard. Já no dia 31 de dezembro do mesmo ano quem reinava na Billboard era Toni Braxton com “Un-Break My Heart”.

Os clipes das duas músicas podem ser vistos abaixo.

[fim_pag]

Sepultura lança o disco “Roots” e Max Cavalera deixa a banda

Max deixou o Sepultura em dezembro de 96

1996 foi um ano agitado para a banda brasileira Sepultura. Em março o grupo lançou o álbum “Roots”, um dos mais aclamados da carreira do Sepultura até hoje, que marcou por misturar heavy metal com ritmos brasileiros. O CD alcançou o 27º lugar na lista “Billboard 200” de lançamentos e o 4º lugar entre os discos mais vendidos na Inglaterra.

Apesar do sucesso de vendas e de crítica o Sepultura passava por conflitos internos. Naquele ano havia falecido o enteado de Max, Dana Wells, e em dezembro o restante do grupo decidiu não renovar o contrato de Gloria Cavalera, esposa de Max e empresária da banda. Tais motivos levaram Max Cavalera a abandonar o grupo no final de 1996, substituído em 1997 pelo atual vocalista do Sepultura, Derrick Green.

Veja abaixo o clipe de “Roots Bloody Roots”, faixa principal do disco “Roots”.

[fim_pag]

O Kiss retorna aos palcos com a formação original e com as máscaras tradicionais

O Kiss em sua formação clássica: Peter Criss, Paul Stanley, Gene Simmons e Ace Frehley

Em 1983 o Kiss chocou os fãs e a imprensa ao aparecer sem as tradicionais máscaras. Depois do choque inicial o público se acostumou e a banda conseguiu lançar grandes sucessos, como “Lick It Up”, “Heaven’s On Fire” e “Forever”.

Treze anos depois o quarteto, que já havia passado por algumas mudanças de integrantes, anuncia o retorno da formação orignal de 1972, com Peter Criss e Ace Frehley de volta ao grupo. Para enlouquecer ainda mais os fãs, o Kiss retorna mascarado e usando as tradicionais fantasias da era “Love Gun”.

O retorno da formação original durou pouco. Frehley saiu do grupo em 2002 e Criss também saiu em 2004. Os músicos foram substituidos por Eric Singer (bateria) e Thommy Thayer (guitarra).


[fim_pag]

Alice In Chains faz seu último show com o vocalista Layne Staley

Layne Staley morreu em 2002

No dia 3 de julho de 1996 o vocalista Layne Staley fazia seu último show com o Alice in Chains. O evento aconteceu em Kansas City, no Missouri, onde o Alice In Chains abriu o show do Kiss, que estava retornando aos palcos com a formação original também naquele ano.

Depois do último show com a banda, Staley se recluiu em sua casa em Seattle para lidar com seus problemas com as drogas. Infelizmente o líder do Alice in Chains perdeu a batalha contra o vício e foi encontrado morto em seu apartamento, vítima de  overdose de speedball, uma mistura de cocaína e heroína.

Veja abaixo um trecho do último show de Layne com o Alice In Chains.

[fim_pag]

Shakira lançava o disco “Pies Descalzos” e conquistava o Brasil

O disco "Pies Descalzos" vinha com músicas em português
Em 1996 as rádios do Brasil eram conquistadas pela colombiana Shakira, que havia lançado seu primeiro álbum comercial, “Pies Descalzos”, em fevereiro daquele ano.

Este disco é considerado oficialmente como o primeiro da carreira de Shakira, mesmo tendo ela lançado dois álbuns promocionais anteriormente: “Magia”, em 1991 (Shakira tinha apenas 13 anos na época), e “Peligro” em 1993.

Em 1996 Shakira estava sempre por aqui divulgando seu trabalho em algum programa dominical e em apresentações pelo país. O sucesso de “Pies Descalzos” no Brasil foi tamanho que Shakira gravou uma edição especial deste disco apenas para o mercado brasileiro, contendo três faixas cantadas em português: “Estou Aqui” (Estoy Aquí), “Um Pouco de Amor” (Um Poco de Amor) e “Pés Descalços” (Pies Descalzos, Sueños Blancos).

Ouça abaixo a versão em português de “Estoy Aqui”:

[fim_pag]

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK