Cifra Club

Wanderlust

Flogging Molly

Sede Por Viajens

Letra

Do you still walk the streets at night?
With the wanderlust you fight
Back to the corner where we went our
Seperate ways

Well I'd love to photograph your hand
Then shake it for a while
Cause you learn so much about someone
A brother or a swine

The veins that plough beneath your path
With so many tales to tell
A picture out of focus
In a frame where no one cares

Calm the ocean breeze
Quiet the raging sea
This stormy ship we sail
Is a bottle filled with rage

Do you still walk the streets at night?
With the wanderlust you fight
Back to the corner where we went our
Seperate ways

Well we walked upon the railroad
Cause the train no longer ran
Where we caught a glimpse of all we missed
From the stars that filled our eyes

With a dollar in your only coat
And a fireball in your hand
You set your sails for better days
Down in south australia

Dark though it has been
Your old spirit still shines within
These last thirteen years depraved
Of us anything that's worth sayin'

Do you still walk the streets at night?
With the wanderlust you fight
Back to the corner where we went our
Seperate ways

So raise a cheer to those forgotten years
Back to the corner where we went our
Seperate ways

Now the carnival is goin' home
The ferris wheel is spent
For those rovin' years of endless jeers
Have dried all that was left

Calm the ocean breeze
Quiet the raging sea
This stormy ship we sail
Is a bottle filled with rage

Do you still walk the streets at night?
With the wanderlust you fight
Back to the corner where we went our
Seperate ways

Você ainda anda pelas ruas à noite?
Com a sede de vagar ao lado do qual você luta
Atrás da avenida por onde seguimos em
Caminhos separadas

Deus, eu adoraria fotografar a sua mão
E apertá-la por um instante,
Porque você aprendeu tanto sobre alguém
Um irmão, ou um suíno

As veias que irrigam sob suas estradas
Com tantos contos pra falar
A foto fora do foco num
Ângulo com o qual ninguém se importa

Acalme a briza do oceano
Aquiete o raivoso mar
O tempestuoso navio no qual viajamos
É uma garrafa cheia de fúria

Você ainda anda pelas ruas à noite?
Com a sede de vagar com a qual você luta
Atrás da avenida por onde seguimos em
Caminhos separados

Bem, nós andamos sobre a estrada de ferro
Porque o trem não andou o bastante
Até onde pegamos um vislumbre do qual havíamos esquecido
Das estrelas que enchiam os nossos olhos

Com um dollar no seu único casaco
E uma bola de fogo na sua mão
Você marcou suas navegações para dias melhores
Abaixo da austrália do sul

Apesar de negro como tem sido
Seu velho espírito ainda cintila passados
Esses trinta anos corrompidos
De nós, qualquer coisa que vale a pena estão dizendo

Você ainda anda pelas ruas à noite?
Com a sede de vagar com a qual você luta
Atrás da avenida por onde nós nos fomos em
Caminhos separados

Então, erga aclamações por aqueles anos perdidos
Atrás da avenida por onde seguimos em
Diferentes caminhos

Agora o carnaval está indo pra casa
A roda gigante se gastou
Por aqueles anos que passam, de infindas zombarias
Que têm secado tudo o que restou

Acalme a briza do oceano
Aquiete o raivoso mar
O tempestuoso navio no qual viajamos
É uma garrafa cheia de fúria

Você ainda anda pelas ruas à noite?
Com a sede de vagar com a qual você luta
Atrás da avenida por onde seguimos em
Diferentes caminhos

0 comentários

mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK