Cifra Club

Aprenda a tocar as mais belas músicas de Alceu Valença

Porta-voz da cultura nordestina, as músicas de Alceu Valença fazem parte da construção identitária da região há quase 50 anos. Espalhando os encantos folclóricos do Nordeste e escrevendo poesia com melodia, o artista é um dos maiores tesouros nacionais.

Músicas de Alceu Valença são ideais para tocar no violão
Alceu Valença é um baluarte da música que vem do lado de cá do mundo (Foto/Divulgação – Leo Aversa)

Com um repertório tão longo e tão rico, é árdua a tarefa de escolher apenas algumas de suas músicas para entrar na lista. Chega a ser criminoso o ato de deixar tanta coisa boa de fora! Contudo, o que o Cifra Club não faz por você, não é, leitor? Embarcamos nessa honrosa missão e aqui está o resultado.

As melhores músicas de Alceu Valença para tocar no violão

Em sua mistura de baião, folk, forró e rock, a obra de Alceu não pode ser encontrada em nenhum outro lugar no mundo. Para montar essa lista, perguntamos aos fãs, analisamos os sucessos e procuramos eleger as cifras mais democráticas do artista.

Seja você um músico veterano ou iniciante, Alceu Valença precisa entrar no seu setlist. Portanto, pegue seu violão, aqueça a voz e prepare-se para esse passeio cultural!

1. Anunciação

Em primeiro lugar, se precisássemos eleger somente uma das músicas de Alceu Valença para representá-lo, essa seria Anunciação. Após quase ter sido descartada do álbum Anjo Avesso, de 1983, a canção é hoje a mais conhecida de seu repertório. Composta para uma namorada do cantor na época, ele diz que a música não existiria se não fosse do agrado da moça.

Graças aos seus cinco acordes simples, você pode também aprender a tocar Anunciação no violão. Os versos são super fáceis de tocar, então concentre a sua energia no solo da introdução, que deve exigir mais de sua atenção. Ou seja, capriche bastante nessa parte! Ah, caso ainda não tenha experiência com solos, visite o Cifra Club Academy.

2. Tropicana

Fruto de uma de suas parcerias com o músico baiano Vicente Barreto, Tropicana nasceu em cinco minutos, mas seu sucesso já dura quase 40 anos. Cantando as delícias exóticas do nordeste, de manga rosa a mel do urucú, Alceu eternizou a sua “morena tropicana” nos carnavais brasileiros. Portanto, essa joia não poderia ficar de fora da nossa lista!

Para aprender a tocar Tropicana, você vai precisar dedicar um pouco mais do seu tempo. Contudo, a maioria das notas do solo podem ser encontradas nas mesmas cordas e nas casas vizinhas. Por fim, quanto aos acordes, você vai usar uma variedade de nove deles, mas todos de nível fácil.

3. La Belle de Jour

Era 1986 quando Alceu esteve na França e viveu uma noite de aventura. Na ocasião, o cantor fez um poema para uma moça desconhecida em um bar. Após descobrir que se tratava de uma famosa atriz britânica, inspirou-se em começar a compor a canção. O problema disso tudo é que, sem querer, acabou nomeando a música a partir de um filme que, na verdade, era de outra atriz. Enfim, confusões à parte, quem saiu ganhando foi a música popular brasileira!

Para aprender a tocar La Belle de Jour, você vai usar três acordes maiores e dois menores durante os versos. Contudo, conforme o habitual nas músicas de Alceu Valença, você encontrará uma tablatura para dedilhar e outra para solar. Nesse sentido, você vai gastar – ou investir! – um pouco mais de tempo para tocá-la. Para te ajudar, temos a videoaula onde você aprende a cifra inteira em menos de meia hora!

4. Coração Bobo

Do álbum homônimo, de 1980, Coração Bobo é o sucesso anterior aos estouros de Cavalo de Pau e Anjo Avesso. Cantando sobre a alegria dolorosa que é amar seu time do coração, o Náutico, Alceu cria uma letra que se confunde com uma decepção amorosa. 

Aprenda a tocar Coração Bobo, com oito acordes fáceis. O riff de violão é simples, contudo, é necessária a atenção na transição entre eles. Divirta-se na dinâmica entre os versos e o refrão, e bote todo mundo pra dançar! Além disso, sendo a canção um baião bem ligeiro, é uma ótima oportunidade para exercitar a velocidade na troca de acordes.

5. Flor de Tangerina

O xote de 2002 teve sua longevidade renovada ainda mais recentemente, ao ser incluída na trilha da novela Velho Chico, exibida em 2016. Em uma de suas letras mais sensuais, Alceu esbanja romantismo em versos de uma história literal. 

Para tocar Flor de Tangerina, são usados onze acordes de nível fácil. Há pouca variação entre os versos e o refrão, então as longas sequências de acordes são repetidas várias vezes. Dessa forma, foque sua atenção no padrão de acordes do refrão e mais da metade da música já estará pronta.

6. Solidão

Canção presente no disco Mágico, de 1984, Solidão é inspirada em “Cem Anos de Solidão”, livro de Gabriel Garcia Marquez. Após refletir sobre a própria existência e o momento que vivia, Alceu deixou a imaginação fluir a partir da obra do colombiano, criando mais um sucesso para o seu repertório permanente

Essa aqui está na lista das mais fáceis músicas de Alceu Valença. Aprenda a tocar Solidão, em A (Lá Maior), com somente dois acordes. Logo, não há mistério para tocá-la, então, você pode concentrar a sua energia na performance, imprimindo a emoção que a letra pede.

7. Girassol

Uma das mais belas introduções de músicas do artista, Girassol também fala de saudade. Do álbum Leque Moleque, de 1987, a canção figura como uma das preferidas dos fãs, logo, não pode ficar de fora do seu setlist!

Para tocar Girassol, são necessários cinco acordes simples. Portanto, você não deverá encontrar dificuldade nesses versos, sendo assim, aqui vai a dica de sempre: dedique-se à introdução e aos solos. Para facilitar, temos também a videoaula completa para você!

Gostou do passeio pelas músicas de Alceu Valença? Compartilhe com os amigos, visite outras cifras do artista e não perca as novas videoaulas no canal do Cifra Club no Youtube!

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK