Cifra Club

Melhores músicas com pestana para você evoluir ainda mais

Músicas com pestana podem ser um verdadeiro problema para muita gente, principalmente quem está começando. Às vezes, queremos aprender uma música que gostamos demais, mas desanimamos quando vemos que ela está cheia de acordes com pestana.

Mulher tocando músicas com pestana em um violão acústico e com cordas de aço
Fazer um acorde com pestana no violão é bem menos doloroso do que parece (Foto/Freepik)

Realmente, não é fácil ter um som limpo apertando todas as cordas. Nesse sentido, é preciso prática e alguns exercícios para estimular a força do dedo indicador. Você tem dificuldades para fazer a pestana? Talvez a nossa lista de músicas com pestana possa te ajudar. 

O que é uma pestana?

Pestana é a aplicação do horizontal do dedo indicador, para comprimir simultaneamente mais de uma corda no violão, na guitarra e em outros instrumentos de cordas. Pode parecer bobeira, mas a má formação da pestana é um dos vícios e manias que travam a evolução no violão

Guitarrista negro toca músicas com pestana na guitarra
Os acordes com pestana também são essenciais para quem toca guitarra (Foto/Freepik)

Sempre que você precisar tocar em cordas diferentes, em uma mesma casa, você pode utilizar a pestana. Ela pode ser representada de várias maneiras, porém, as mais comuns são em forma de barra ou de seta, indicando quais cordas devem ser apertadas.

Como fazer uma pestana no violão

Para fazer uma pestana, você deve posicionar o dedo levemente virado para a esquerda, isto é, a lateral do dedo é a parte que deve tocar nas cordas. Lembre-se de deixá-lo próximo do traste que fica adiante. O polegar deve ser posicionado levemente à esquerda, seguindo a forma natural da mão relaxada. 

Dica de ouro I: é comum posicionar o dedo médio sobre o indicador na hora de montar a pestana. Essa mania, inclusive, facilita a execução. O grande problema, no entanto, é que não tem como montar todos os acordes com essa forma. Logo, recomenda-se o treino de pestanas sem o dedo 2 sobre o dedo 1.

Homem toca música com pestana no violão
A pestana nunca mais será um pesadelo na sua jornada de aprendizado musical (Foto/Freepik)

Dica de ouro II: o polegar é um ponto de apoio, ou seja, não há necessidade de imprimir força entre o polegar e indicador. Nesse sentido, pense nesses dedos como o formato de uma pinça. Além do mais, lembre-se que a força vem da parte da frente da mão em direção ao seu corpo, nunca entre os dedos. 

Confira mais dicas no vídeo abaixo: 

7 músicas com pestana para tocar no violão

Nós montamos uma lista com músicas com pestana que podem te ajudar a melhorar cada vez mais. Elas vão aumentando o grau de dificuldade, trazendo mais acordes, com e sem pestana.

1. Me Namora – Edu Ribeiro

Lançada em 2006, Me Namora foi a música mais tocada nas rádios do Brasil naquele ano. Apesar de muitas pessoas pensarem que a canção é da banda Natiruts, ela foi escrita e gravada pelo cantor Edu Ribeiro, sendo seu maior sucesso. 

Com apenas dois acordes, ela é uma ótima pedida para quem quer começar a praticar músicas com pestana. Dessa maneira, as notas se intercalam entre um acorde com pestana e outro sem, tocadas em um ritmo de reggae.

2. Te Ver – Skank

Te Ver foi gravada pela primeira vez no segundo álbum da banda mineira Skank. O disco vendeu mais de 1 milhão de cópias e várias faixas se tornaram hits nacionais.

Para tocar essa canção, você vai precisar de dois acordes, sendo os dois com pestana e também é tocada como um reggae. Além disso, é uma música com pestana que pode ser um bom treino para melhorar cada vez mais.

3. Largado às Traças – Zé Neto e Cristiano

Gravada em 2018 pela dupla Zé Neto e Cristiano, Largado às Traças foi um sucesso instantâneo. Isso porque a música atingiu 1 milhão de visualizações em menos de um dia. 

Tocada com três acordes, ela pode te ajudar a ter mais firmeza nas notas que precisam da pestana. Lembre-se: músicas com menos notas, permitem menos variações, o que ajuda a conquistar confiança nas transições entre acordes.

4. Amo Noite e Dia – Jorge e Mateus

Presente no primeiro álbum de estúdio da dupla Jorge e Mateus, Amo Noite e Dia está entre seus maiores sucessos. Além disso, ocupou a primeira posição da Billboard Brasil por três meses, em 2010.

Para tocá-la, você vai precisar de quatro acordes, dois com pestana e dois sem. Essa música é uma boa opção para treinar ritmos, bem transição entre acordes com e sem pestana. Isso é importante para desenvolver a independência dos dedos.

5. Jenifer – Gabriel Diniz

Música mais tocada no carnaval de 2019, de acordo com o ECAD, Jenifer viralizou e se tornou sucesso absoluto. Infelizmente, o cantor Gabriel Diniz, faleceu no auge de sua carreira, após sofrer um acidente de avião no mesmo ano.

Ela é considerada uma música simples, pois tem somente quatro acordes. São apenas duas pestanas e um ritmo, que você pode aprender na nossa videoaula. 

6. Encontrar Alguém – Jota Quest

Encontrar Alguém foi lançada no primeiro álbum de estúdio da banda Jota Quest, de 1996. Se você tem dificuldades com as músicas com pestana, essa talvez seja uma opção para treinar ainda mais. São sete acordes, sendo apenas um sem pestana.

Talvez você sinta o seu braço muito cansado no final. Isso pode ser um sinal de que você está forçando demais o seu antebraço. Tente treinar os acordes com pestana sem apoiar o dedão atrás do braço do violão. Essa técnica te ajudará a distribuir a força para os músculos próximos das costelas, o que pode te dar mais firmeza para montar as notas e deixar o som mais claro.

7. Another brick in the wall – Pink Floyd

Faixa do álbum The Wall, da banda inglesa Pink Floyd, Another brick in the wall é um clássico do rock. A letra é uma crítica ao sistema de ensino, que, para Roger Waters, baixista e compositor da música, não estimula as crianças a pensarem. 

Essa talvez seja a música mais desafiadora dessa lista. Afinal, conta com alguns solos e riffs durante passagens de acordes. Porém, com a videoaula acima, tudo deve ficar mais claro.

Cifra Club Academy, plataforma de ensino de música
Cifra Club Academy, a plataforma de ensino que te ajudará a dominar músicas com ou sem pestanas (Imagem/Divulgação)

Se, depois de todas essas dicas, você ainda tiver dificuldades, não desanime! Continue treinando, pois, é a prática que vai trazer avanços. É importante lembrar-se que o aprendizado deve ser uma caminhada contínua. Por isso, a criação de rotinas diárias é muito importante para não desanimar.

Para manter a evolução, é importante se manter estudando. Você quer continuar se desenvolvendo? O Cifra Club Academy pode ser uma ótima oportunidade para aprender desde os primeiros passos até as técnicas mais avançadas!

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK