Cifra Club

Pão da Igualdade (Se Calarem a Voz Dos Profetas)

Católicas

Cifra: Principal
exibições 117.119
Tom: C
       C               Em           F       G
Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão
        C               Em            F           G
Se fecharem os poucos caminhos, mil trilhas nascerão

       Am                Em               F                 F#º
Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais
       C        Am         Dm        G    C       C7
Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais

                             Refrão:
    F                  G
É Jesus esse pão de igualdade
   C           Am
Viemos pra comungar
       Dm             G                 C      F       C    C7
Com a luta sofrida do povo que quer ter voz, ter vez, lugar
   F                      G
Comungar é tornar-se um perigo
   C             Am
Viemos pra incomodar
      Dm                   G          C    F      C
Com a fé e união nossos passos um dia vão chegar


       C              Em           F              G
O Espírito é vento incessante, que nada há de prender
       C           Em             F            G
Ele sopra até no absurdo, que a gente não quer ver
       Am                Em               F                 F#º
Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais
       C        Am         Dm        G    C       C7
Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais

                           Refrão
        C                     Em        F        G
No banquete da festa de uns poucos, só rico se sentou
         C                 Em        F            G
Nosso Deus fica ao lado dos pobres, colhendo o que sobrou

  Am                Em               F                 F#º
Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais
       C        Am         Dm        G    C       C7
Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais

                            Refrão

    C                  Em       F         G        C                 Em     F         G
O poder tem raízes na areia, o tempo faz cair. União é a rocha que o povo usou pra construir...
  Am                Em               F                 F#º
Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais
       C        Am         Dm        G    C       C7
Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais

                             Refrão

     C                Em     F          G          C                 Em         F       G
Toda luta verá o seu dia nascer da escuridão. Ensaiamos a festa e a alegria, fazendo comunhão...
  Am                Em               F                 F#º
Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais
       C        Am         Dm        G    C       C7
Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais

Refrão (2x)
Acordes para:

    0 comentários

      mostrar mais comentários

      Conseguiu tocar?

      5tocaram0ainda não

      Grave um vídeo tocando Pão da Igualdade (Se Calarem a Voz Dos Profetas) e mande pra gente!

      00:00 / 00:00
      outros vídeos desta música
      repetirqualidadeautomática
      Outro vídeos desta música
        00:00 / 00:00
        automática
        OK