Enviar cifraEntrar

Lament

Jim Morrison

Lamento

Ainda não temos a cifra desta música. Contribua!

Lament for my cock
Sore and crucified
I seek to know you
Aquiring soulful wisdom
You can open walls of mystery
Stripshow

How to aquire death in the morning show
Tv death which the child absorbs
Deathwell mystery which makes me write
Slow train, the death of my cock gives life

Forgive the poor old people who gave us entry
Taught us god in the child's praye in the night

Guitar player
Ancient wise satyr
Sing your ode to my cock

Caress it's lament
Stiffen and guide us, we frozen
Lost cells
The knowledge of cancer
To speak to the heart
And give the great gift
Words power trance

This stable friend and the beast of his zoo
Wild haired chicks
Women flowering in their summit
Monsters of skin
Each color connects
To create the boat
Which rocks the race
Could any hell be more horrible
Than now
And real?

I pressed her thigh and death smiled

Death, old friend
Death and my cock are the world
I can forgive my injuries in the name of
Wisdom luxury romance

Sentence upon sentence
Words are the healing lament
For the death of my cock's spirit
Has no meaning in the soft fire
Words got me the wound and will get me well
I you believe it

All join now and lament the death of my cock
A tounge of knowledge in the feathered night
Boys get crazy in the head and suffer
I sacrifice my cock on the alter of silence

Lamento pelo meu pau
Ferido e crucificado
Eu procuro conhecer você
Adquirindo a sabedoria da alma
Você pode abrir as paredes do mistério
Show de stiptise

Como adquirir a morte em um programa matinal
Morte exposta na TV a qual a criança absorve
A misteriosa morte me faz escrever
Lento trem, a morte do meu pau proporcionará vida

Perdoe os pobres idosos que nos iniciaram
Ensinando sobre Deus com noturnas orações infantis

Guitarrista
Antigo sábio sátiro
Cante sua ode ao meu pau

Acaricie este lamento
Endureça e nos guie, estamos congelados
Perdidas células
O conhecimento sobre o câncer
Para falar com o coração
E dar um magnífico presente
O poder do transe das palavras

Este fiel amigo e as feras do seu jardim zoológico
Gatas com cabelos selvagens
Mulheres florescendo em seu ápice
Monstros cutâneos
Toda cor se conecta
Para criar o barco
Que balança a raça
Poderia algum inferno ser mais horrível
e real
do que agora?

Eu apertei sua coxa e morte sorriu

Morte, velha amiga
A morte e o meu pau são o mundo
Eu posso perdoar minhas injúrias em nome de
Sabedoria, luxúria, romance

Sentença após sentença
As palavras estão curando o lamento
Da morte do espírito do meu pau
Sem nada significarem no suave fogo
As palavras me feriram e vão me deixar melhor
Eu e você acreditarmos nisto

Todos juntos agora lamentamos a morte do meu pau
A língua da ciência na emplumada noite
Garotos ficam loucos e sofrem
Eu sacrifico meu pau no altar do silêncio.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
    Composição: Jim MorrisonColaboração e revisão:
    • Gabriela Landim

    0 comentários

      mostrar mais comentários
      00:00 / 00:00
      outros vídeos desta música
      repetirqualidadeautomática
      • automática
      Outro vídeos desta música
        00:00 / 00:00
        automática
        • automática
        fecharplay/pause subir/descer velocidade
        fechar
        OK