Cifra Club

Aprenda

Color Melancolía

Moenia

Cor Melancolia

Ainda não temos a cifra desta música.

Que suerte la mía tener azul el corazón,
color melancolía no se quien me lo pinto,
les juro que quisiera a veces no sentir

desconocer el alma y ser vació tal vez feliz,
Es arma de doble filo la sensibilidad
pero si cierro los ojos podría tropezar

[Estribillo]
y es por eso que ven que subo y luego vuelvo a bajar
lo que siento me toma tiempo y no, no lo puedo ignorar
ya llegara el momento ese punto perfecto sin cambiar.

Existen tres sirenas que andan por ahí
dueñas de los poemas que con sangre escribí
ve y pídeles por mi te den de la poción

para no sentir nada en su corazón,
No se hasta donde sostenga esta fragilidad
de pronto viene y me llena no lo puedo evitar

[Estribillo]

Que sorte a minha ter azul o coração,
cor melancolia não se quem me o pinto,
juro-lhes que quisesse as vezes não sentir

desconhecer o alma e ser esvaziou talvez feliz,
É arma de duplo fio a sensibilidade
mas se fecho os olhos poderia tropeçar

[Estribilho]
e é por isso que vêem que subo e depois volto a baixar
o que sento me toma tempo e não, não o posso ignorar
já chegasse o momento esse ponto perfeito sem mudar.

Existem três sereias que andam por aí
donas dos poemas que com sangue escrevi
vê e pede-lhes por meu te dêem da poção

para não sentir nada em seu coração,
Não se até onde sustente esta fragilidade
de repente vem e me enche não o posso evitar

[Estribilho]

Composição de Alfonso Pichardo/Jorge Soto/Juan Carlos Lozano
Colaboração e revisão:
  • Paola Santos
  • Fernando Barros

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK