Cifra Club

Aprenda

Un Alma Sentenciada

Thalía

Uma Alma Sentenciada

Ainda não temos a cifra desta música.

Amor que me desgarras, que me partes de miedo
Que a veces te me escapas y de pronto no encuentro
Amor de tantas dudas Y remordimientos
Que a veces me callo, que a veces me creo.

Amor que es tan letal como una puñalada
Primero, me hiere después me desangra
Amor esta locura que ha desesperado
Amor es no tenerte y no haberte olvidado

Coro:
Toda mi vida se apaga, mi mundo se ciega
Amor es pedirte y gritarte que vuelvas
Que estoy de bajada, mi alma está en quiebra
Hoy quiero pedirte y gritarte que vuelvas
Amor es decirte mi amor que vuelvas por favor
A que condena y que dolor me has sentenciado
A que condena y que dolor me has sentenciado

Amor eres tu la verdad de mi tiempo
Mi dulce mi amado..mi casa..mi templo!
Mi amor mi verdad mi pasión mi intención
Mi secreto que viene y que va con el viento

Amor eres tu, amar eres tu
La noche y tus ojos que son gotas de luz
Y escucho tu voz y te siento aquí
Y te siento inundándolo todo..aahhh!!

Coro:
Toda mi vida se apaga, mi mundo se ciega
Amor es pedirte y gritarte que vuelvas
Que estoy de bajada, mi alma esta en quiebra
Hoy quiero pedirte y gritarte que vuelvas
Amor es decirte mi amor, que vuelvas por favor
Que soy un alma en plena muerte...

Pasaje:
Un alma que condena si fue sentenciado
Un alma que de pena tu has crucificado
Un alma que va, un alma que no está
Un alma que se pierde en el vacío...ohhh

Coro:
Toda mi vida se apaga, mi mundo se ciega
Amor es pedirte y gritarte que vuelvas
Que estoy de bajada, mi alma está en quiebra
Hoy quiero pedirte y gritarte que vuelvas
Amor es decirte mi amor que vuelvas por favor
A que condena y que dolor me has sentenciado
A que condena y que dolor me has sentenciado.

Amor que me solta, que me parte de medo
Que as vezes me escapa e logo não encontro
Amor de tantas dúvidas e remorsos
Que as vezes me calo, que as vezes acredito.

Amor que é tão letal como uma punhalada
Primeiro me fere depois me sangra
Amor esta loucura que estou esperando
Amor é não te ter e não te haver esquecido

Refrão:
Toda minha vida se apaga, meu mundo se cega
Amor é te pedir e te gritar que volte
Aqui estou devastada, minha alma se quebra
Hoje quero te pedir e te gritar que volte
Amor é dizer, meu amor, que volte por favor
A que condena a que dor, você me sentenciou
A que condena a que dor, você me sentenciou

Amor a ilusão, a verdade em meu tempo
Meu doce, meu amado, minha casa, meu templo!
Meu amor, minha verdade, minha paixão, minha intenção
Meu segredo que vem e que vai com o vento

Amor é você, amar é você
A noite e seus olhos que são gotas de luz
E escuto tua voz e te sinto aqui
E te sinto inundando tudo..aahhh!!

Refrão:
Toda minha vida se apaga, meu mundo se cega
Amor é te pedir e te gritar que volte
Aqui estou devastada, minha alma esta em quebra
Hoje quero te pedir e te gritar que volte
Amor é dizer, meu amor, que volte por favor
Que sou uma alma em plena morte...

Passagem:
Uma alma que condena se ela foi sentenciada
Uma alma que de pena você crucificou
Uma alma que vai, uma alma que não está
Uma alma que se perde no vazio ... ohhh

Refrão:
Toda minha vida se apaga, meu mundo se cega
Amor é te pedir e te gritar que volte
Aqui estou devastada, minha alma esta em quebra
Hoje quero te pedir e te gritar que volte
Amor é dizer, meu amor, que volte por favor
A que condena a que dor, você me sentenciou
A que condena a que dor, você me sentenciou.

Composição de Fabio Estéfano/José Luis/Pagán/Salgado
Colaboração e revisão:
  • Vanessa Bernardino
  • Gabriel Caldeira
  • Diogo Dantas

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
OK