Cifra Club

8 solos de baixo fáceis para você aprender agora mesmo!

Separamos interessantes solos de baixo fácies para você aprender a tocar! Certamente você se ligou em várias dicas de como tocar baixo e deseja aprimorar seu jeito de tocar. Além disso, conhece diversas linhas e estudou várias técnicas. Agora é hora de ir além no mundo dos graves e conhecer alguns solos para aprender rapidamente!

Steve Harris tocando em show
Com vocês, um dos maiores baixistas de todos os tempos: Steve Harris (Foto/Reprodução/Internet)

Na maioria das vezes, quem fica com esse momento especial é o guitarrista, mas sempre existe espaço para o baixo brilhar. Afinal, nem só de guitarra viverá um solo, mas de toda nota que emana do baixo.

Do backstage à linha de frente

Esta lista é feita para você que pretende sair do backstage dos shows e alcançar a linha de frente dos palcos. Alguns solos mais complicados são para quem já entende um pouco mais sobre o assunto.

Mas não se preocupe, pois os solos de baixo da nossa lista são fáceis mesmo. Nada de muito cabuloso ou técnicas mirabolantes. Vamos conferir alguns que, com um pouquinho de paciência, qualquer baixista é capaz de tocar. Então, vamos ver os solos de baixo fáceis?

1. Aeroplane — Red Hot Chili Peppers

Flea, a lenda viva das quatro cordas também faz solos de baixo fáceis. Tenha atenção nas pausas e nas ghost notes que vão rolar. A princípio, a última frase desse solo parece complicada, mas um bom estudo na escala blues resolve seu problema rapidinho.

Com a substituição de John Frusciante por Dave Navarro, os baixos em One Minute Hot ficaram ainda mais ousados. Aeroplane é um dos maiores ícones desse período da banda. Parece que Flea resolveu mostrar toda sua técnica em uma única música!

2. Stranger in a Strange Land — Iron Maiden

Principal compositor e fundador do Iron Maiden, o motor pulsante por trás da donzela de ferro dispensa apresentações. Aclamado como um dos mais influentes baixistas do metal, Steve Harris fez escola em The Trooper, Fear of the Dark e The Writing On The Wall

Em Stranger in a Strange Land, ele cria um solo fácil e super gostoso de tocar. Isso acontece porque o baixista usa a escala pentatônica com muito bom gosto. Além disso, os intervalos dessa escala são fáceis de executar, o que torna esse solo bem acessível.

3. Sempre Mais — Oficina G3

Chegou a vez dos brazucas! Por aqui muitos músicos criam solos de baixo fáceis e ricos em melodia. Um exemplo disso é Sempre Mais, da banda gospel Oficina G3.

Duca Tambasco, que por muito tempo usou baixos nacionais em seu set up, constrói um solo muito bonito. Diferentes técnicas, como Hammer On e Pull Off, são usadas na medida certa. Uma boa dose de calma e atenção fará você tocar esse solo com muita destreza.

4. Ritmo, Ritual e Responsa — Charlie Brown Jr.

Ritmo, Ritual e Responsa faz parte do segundo álbum do Charlie Brown sem a presença do eterno Champion. A canção que leva o mesmo nome do disco possui um solo fácil criado pelo renomado Heitor Gomes, baixista que também fez parte do CPM 22.

A canção possui dois solos. O primeiro começa com a mesma pegada da base da música, e, aos poucos, a guitarra dá lugar ao solo curtinho. Duas repetições do mesmo trecho e alguns acordes fecham a vibe. Por outro lado, o segundo solo é feito usando a técnica de slap, numa levada bem animada.

5. Joga Fora — Catedral

Quando uma música é tocada ao vivo, a tendência é que o solo seja bastante difícil de tocar, não é mesmo? Nada disso! Joga Fora, que faz parte do DVD 20 Anos de Estrada, da banda Catedral, está aqui para mostrar o contrário.

Criado pelo baixista Júlio Cezar Motta, o solo pode ser tocado em apenas duas cordas do instrumento. O segredo é deixar as notas soarem na medida certa. Ouça repetidas vezes antes de pegar no instrumento, pois isso vai te ajudar a tocar esse solo incrível com muito mais facilidade.

6. Stay Clean — Motörhead

Lemmy Kilmister é, literalmente, a cara do Motörhead. Com sua maneira própria de tocar, ele “espanca” seu baixo com palhetadas certeiras. Mas também pudera, já que por muitos anos foi roadie de ninguém menos que Jimi Hendrix.

O solo de Stay Clean é como o som da banda: direto e nervoso. Aumente seu amplificador até o talo e fique sossegado. Quando menos esperar, você vai tocar esse solo de baixo matador!

7. Smooth Operator — Sade

Nada melhor do que uma balada pra treinar um solo de baixo fácil, não é mesmo? Smooth Operator é um clássico da banda inglesa Sade, que já fez muita gente dançar por aí.

Com poucas notas e muito bom gosto, o baixista Paul Denman cria um solo simples e muito bem estruturado. Curta o balanço da música e se divirta tocando esse solo fácil e dançante!

8. O Canto da Ema — Gilberto Gil

O melhor sempre fica para o final. Clássico absoluto da música brasileira, O Canto da Ema tem como versão mais conhecida a do icônico álbum Expresso 2222 que completa 50 anos em 2022.

O nova-iorquino Bruce Henri é o responsável por esse solo cheio de balanço, que funciona como um excelente estudo para os modos gregos. Usando notas do modo mixolídio, o solo está repleto de boas notas e muita elegância. Tudo o que um baixista que deseja solar precisa ter!

Bônus: The Duellists e Only the Good Die Young — Iron Maiden

Dobradinha?! Isso mesmo! A maior referência do baixo no metal merece atenção dobrada em nossa lista. O solo de baixo da primeira música é bem curto e muito divertido. Em The Duellists, a repetição de notas é seguida por uma escala maior, criando um solo bem mais fácil do que você imagina.

Steve Harris é conhecido por sua técnica apurada de pizzicato. Em Only the Good Die Young, ele aplica a famosa cavalgada em seu Precision Bass e sai por aí galopando. Se você é fã de Iron Maiden, certamente vai curtir esse solo inconfundível!

Seja um expert em solos de baixo!

Agora que você já conferiu tantos solos sensacionais e fáceis de tocar, vai uma dica para você: aprimore seus conhecimentos “baixísticos” com o Cifra Club Academy! Na nossa plataforma de ensino online, você progride quando e onde quiser nos estudos de instrumentos, canto e teoria musical.

Tudo isso sem sair de casa e com um excelente custo-benefício. Logo, não dá para perder essa oportunidade!

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK