Cifra Club

Santa Ignorância

Mensageiros da Profecia

Ainda não temos a cifra desta música.

Vim pra fazer o contraponto
Tipo Kanye West
Eu tô a frente do seu tempo
Naipe fast fast

Fazendo duas vez melhor
Tô pique best best
Os bico vem pra desligar meu mic
Test test

Pra lavoura que brota o mal
Eu sou a peste peste
Cê vem de meia meia meia
Eu sete sete sete

O rap tá pro beat
Assim como o beat tá pro rap
Se o som tá agressivo culpa nóis
E o Claudio Back

Eu vou na goela
Deixando o zé ruela em danger
A geração dos gangstão
Que usa blush e monange

Quer convencer mas constrange
Só lóki pra abraçar
Sua pinta é de Pablo Escobar
E a alma de Pablo Vittar

Nóis é café com farinha
Cêis é leite com sucrilhos
Diz que é gueto
Mas são mais sensíveis do que mamilos

Nas festa de rap
Eu fico observando os seus menor
É pipa no ventilador
No pique criado com vó

Chato pique bolsominion
Burro pique lula livre
De extremo ao extremo
Ambos os lados são declives

Não esteve onde estive
Nas ruas
Lá eu ouço
Político é tudo safado
Amigo é dinheiro no bolso

Sempre escrevo o que eu quero
Se não gostou então vaza
Porque a porta aberta
É serventia da casa

Estudado pela NASA
Perigoso tipo Gaza
Ligeiro com os traíra
Pra não morrer tipo Mufasa

Se não aguenta a zuera
Não desce pro play
Falei besteira
E por dentro sei que machuquei
Não leve a mal e nem a sério
Não dê importância
Remédio pra hipocrisia
É santa ignorância

Os fariseu vão ficando em choque

Eu sou do berço do rap
Aqui da zona sul
Metendo o dedo na ferida
Igual novembro azul

Eu sei que é constrangedor
Mas é para o seu bem
Relaxa aí, toma essa flor
Escute um Marvin Gaye

Heyy
O que é o que é?
É o pitbull, é da família, não curte mulher
Fala que curte rachadinha pra enganar nóis
Só se for a rachadinha lá do tal Queiroz

Tô na abstinência tipo NoFap
Tô seguindo meu caminho tipo MGTOW
Tô armado até os dente tipo um bom rap
Se duvida bota o pé aqui no meu quintal

Um quer ser embaixador com o rabo pra cima
E o pai correndo atrás do rabo igual cachorro loco
Outro salvo pelo supremo tem o rabo preso
E tem o que não sai do armário e tem o rabo solto

Eu passando dificuldade e vem os fariseu
Não tinha nada na dispensa e a luz já pra cortar
Gostava mais quando seus rap falava de Deus
Se eu me vendi o comprador esqueceu de pagar

Se você não me entende, então Deus te proteja
Sabe quando você vai parar de criticar?
Quando as feminista invadir sua igreja
Agredir o seu pastor e cagar no altar

Eu sou mais chato que alguns fãs
E minha mente mais atrasada que menstruação de trans
Fica aí nesse banco sem se mexer
Enquanto nóis tamo aqui guerreando por você

Os cara do rap diz que eu sou vendido
E os bolsominion não para de criticar
Os dois tipo de cachorro são bem parecido
Quando encontra com seu dono mija guaraná

E o Olavo, lavo minhas mãos, sem razão
Depois da eleição ficou esquisito
Cêis grita que não tem bandido de estimação
A não ser que ele seja o filho do mito

Não gostou? Desinscreve ou morre
Mensageiro fala a verdade
Doa a quem doer
A gente fala e os esquerdista corre
Só que agora os bolsominion também vão correr

Se não aguenta a zuera
Não desce pro play
Falei besteira
E por dentro sei que machuquei
Não leve a mal e nem a sério
Não dê importância
Remédio pra hipocrisia
É santa ignorância

Eu tentei viver em paz
Deixar as guerra no passado
Voltei mais puto do que o Rambo
Os vagabundo vive enchendo o saco

Quando eu chego vocês grita: É O rap!
Vagabundo corre
Some do alcance do Google maps

Chama o papi pra te defender
Hoje eu tô pra treta
Ativista é chato mesmo
Revoltado tipo a Greta

Pensa na mutreta que é mamar em teta de ong
Cêis ama o Estado assim como o Snoop ama o bong
A classe trabalhadora sem carteira assinada
Que promove o ativismo com o dinheiro da mesada

Dá nada pra nóis, cêis é fake
Nóis é o povo vivendo a vida real
Cêis é novela da globo

Quis me doutrinar na escola
Ainda bem que eu tenho déficit
Tóxico
Vou ativar o módulo shift

Ácido são rimas
Cuspo tipo rap Tyler
Arrancando potes tipo Jason ou Michael Myers

Lâmina na cinta
Se preciso decepo orelhas
Pra que amanhã não me impeçam
De apascentar as ovelhas

Verdade é compromisso, nada cala minha voz
Diferente dos boca de bunda
Que escova o dente com Hipoglós

Se não aguenta a zuera
Não desce pro play
Falei besteira
E por dentro sei que machuquei
Não leve a mal e nem a sério
Não dê importância
Remédio pra hipocrisia
É santa ignorância

00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir
Outros vídeos desta música
Composição de Ricardo & Felipe
Colaboração e revisão:
  • Thômaz Rodrigues

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK