Cifra Club

Aprenda

Sagres

The Tallest Man on Earth

Sagres

Ainda não temos a cifra desta música.

We were travellers, so blind
Went to where the world did end
Ran a dozen ways till now
So this is when we walked away
And this sadness I suppose
Gonna hold me to the ground
Where I'm forced to find the still
In a place you won't be 'round

Was I ever part of knowing
With your hands in mine
Little screams into the wonder
And, oh, I'll set aright
Come on, come on

And so here I go again
Say I want my freedom, sure
But it's like end of all the dreams
Like in my life I needed more
And this madness, I suppose
Gonna haunt me with a lie
That I could drink until I sleep
Through, oh, scarier times

Was I ever part of knowing
With your hands in mine
Little screams into the wonder
And, oh, I'll set aright
Come on, come on
Now was I ever going to be
More than these savages in me

And still we'll sing into silence, just to silence tears
Now what is left in here?
It's not the staying to see this flickering life, no
It's not me knowing what's deeper than dust, no
It's not the reason those shadows that are gone, no
It's not me knowing I'm yet to see fire

It's just all this fucking doubt
Come on, come on
And this sadness I suppose
Gonna hold me to the ground
Where I'm forced to find the still
In a place you won't be 'round

Nós éramos viajantes, tão cegos
Fomos até onde o mundo acabou
Percorremos uma dúzia de caminhos até agora
Então, foi aí que nos afastamos
E esta tristeza, eu suponho
Vai me manter no chão
Onde sou forçado a encontrar a tranquilidade
Num lugar que você não vai estar por perto

Eu cheguei a ser parte do saber?
Com tuas mãos nas minhas
Pequenos gritos no encanto
E eu vou definir corretamente
Vamos lá, vamos lá

E aqui vou eu de novo
Digamos que eu quero a minha liberdade, claro
Mas é como o término de todos os sonhos
Como, na minha vida, eu precisava de mais
E esta loucura, eu suponho
Vai me perseguir com uma mentira
Que eu poderia beber até dormir
Durante as épocas mais assustadoras

Eu cheguei a ser parte do saber?
Com tuas mãos nas minhas
Pequenos gritos no encanto
E eu vou definir corretamente
Vamos lá, vamos lá
Agora, eu iria ser
Mais do que este selvageria em mim?

E ainda cantaremos em silêncio, só para silenciar as lágrimas
Agora, o que restou aqui?
Não é ficar para ver esta vida que oscila, não
Não é eu saber o que é mais profundo do que o pó, não
Não é a razão pela qual essas sombras que se foram, não
Não é eu saber que ainda estou para ver o fogo

É apenas esta dúvida maldita
Vamos lá, vamos lá
E esta tristeza, eu suponho
Vai me manter no chão
Onde sou forçado a encontrar a tranquilidade
Num lugar que você não vai estar por perto

Composição de Kristian Matsson
Colaboração e revisão:
  • Thayná
  • Lucas Gabriel

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK