Cifra Club

Aprenda

Traficantes de Abobrinhas

Zé Geraldo

Letra

Elite estúpida e senil
que empresta amparo legal
pra todo mal do Brasil
Verme do toma-lá-dá-cá
que vende o voto de vetar
a violência e a miséria

Só trapaça, choro e morte
Quanto horror
o seu consórcio ainda quer financiar?
Chega de preso e de presunto, seu doutor
É tempo de se produzir consumidor

Caciques bregas, trapalhões
com seus jornais, rádios, tevês
Vão traficando abobrinhas
Perdendo a chance de veicular

Olha aí, mano!
Cidadania, consciência e nutrição
Medicina preventiva e alegria
Noções de amor à vida e paz em cada esquina
Ciência, auto-estima e tecnologia

Criar gente sadia, meu rico doutor
Capaz de conduzir um sonho bom
É só questão de amor, de compaixão
e com certeza ainda rendia um dinheirão

Ai que malvadeza seu doutor
Que elite escrota, que congresso mais chulé
Mas cada um só dá o que tem
Dá o que tem, meu senhor
E mostra o que é

Composição de Tavares Dias/Zé Geraldo
Colaboração e revisão:
  • MARCLIS TIMBOIBA
3 exibições

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
7 dias grátis
OK