Cifra Club

Como comprar uma bateria: seu guia completo

Se você quer ser batera, certamente já se perguntou “como comprar uma bateria?”. Afinal, nem sempre é fácil escolher o instrumento que conduzirá a jornada entre as primeiras aulas e os palcos.

Bateria montada em um palco
Que tal descobrir como comprar uma bateria para começar a fazer um som? (Foto/Pexels)

O investimento precisa ser recompensador, levando em conta principalmente dois aspectos: o objetivo de quem vai tocar e a questão financeira, logicamente. Neste artigo, você confere as dicas mais precisas de como comprar uma bateria e, por consequência, não errar na escolha.

Empunhe suas baquetas e vamos lá!

O que considerar para saber “como comprar uma bateria”?

Conforme dito linhas acima, para descobrir como comprar uma bateria, você precisa pensar que é uma questão de investimento. Por isso, vamos começar com algumas perguntas: está começando a tocar ou já é avançado? Tem espaço em casa? Seus vizinhos se incomodam facilmente com barulho? (risos).

Elas são básicas, mas já dão um norte pra gente começar esse papo! Vem comigo:

Bateria Acústica x Bateria Eletrônica

As baterias acústicas são, naturalmente, mais barulhentas e ocupam mais espaço. Se isso for um problema para sua casa ou vizinhança, considere a compra de uma bateria eletrônica. 

Ela reproduz os sons e a distribuição das peças de uma bateria normal. Contudo – e por melhor que ela seja – não vai ser exatamente a mesma coisa de tocar numa superfície acústica. 

Sonoridade

Na eletrônica, a sonoridade já está pré-estabelecida e é reproduzida no fone ou na caixa plugada, conforme você bate nas peças. Ou seja, é um som uniforme. Na bateria acústica, as ondas sonoras são feitas a partir de cada toque da baqueta no instrumento, dando mais naturalidade e dinâmica

Baterista tocando em studio
Tirar um som na bateria acústica é, por consequência, uma tarefa mais orgânica (Foto/Pixabay)

O primeiro caso requer que você plugue um fone de ouvido, se estiver tocando sozinho, ou uma caixa de som para ensaiar com sua banda e amigos. Já a acústica é só montar e tocar! No entanto, ela demanda atenção a alguns detalhes, como afinação e manutenção das peças.

Treinos

A boa notícia é que, nos dois casos, é perfeitamente possível treinar e evoluir no instrumento. Rudimentos, técnicas e batidas podem ser treinados tanto nos pads de uma bateria eletrônica quanto nas peças de uma bateria acústica. Aliás, se quiser uma boa dica de treinos, estude os rudimentos.

Se você está pensando em como comprar sua bateria, lembre-se: o importante é ter um produto de qualidade e que corresponda às necessidades da sua rotina!

Como comprar uma bateria? Pense nos preços 

A parte dolorida! Quando falamos de como comprar uma bateria, a gente sabe que não é o maior exemplo de barateza. A chave é fazer uma boa pesquisa, detalhada e em locais de confiança. 

Preço de uma bateria Acústica

Você pode encontrar os modelos nacionais básicos pela faixa de R$1.800 e R$2.000. Para quem está bem no começo dos aprendizados, é uma opção! Preços muito abaixo disso podem indicar uma fragilidade no equipamento. E nada contra as promoções (amo, inclusive), mas ficar atento e conhecer o produto antes de comprar evitará dores de cabeça futuras.

Bateria da Tama, montada no palco
Eis um set de bateria desnecessário para quem está começando a tocar (Foto/Internet)

Desembolsando a partir de R$3.000, existem modelos mais robustos, eventualmente até acompanhados de pratos de chimbal, ataque ou condução.

Para marcas de maior prestígio, como Pearl e Yamaha, não espere desembolsar menos de R$4.500. Esses são os produtos de melhor durabilidade, sonoridade e podem chegar a até R$10.000

Preço de uma bateria Eletrônica

Primeira coisa importante: o pad de bumbo. Algumas opções mais baratas apresentam somente o pedal, sem o pad para contato. Isso pode limitar o aprendizado, porque não dá pra sentir o rebote e o toque na hora de dar os “kicks”.

Bateria eletrônica
A bateria eletrônica é a alternativa para quem quer tocar sem incomodar ninguém (Foto/pixabay)

Portanto, um modelo completo sai na faixa de R$4.000. Se encontrar algo muito abaixo disso, provavelmente não terá a experiência realista de bumbo. Um detalhe das baterias eletrônicas é que elas já acompanham pratos e possuem um módulo de controle que tem funções como metrônomo, ajuste de Kit e volume.

Seminovos

Na hora de pensar como comprar uma bateria, sempre dá pra considerar a busca por produtos seminovos. Nesse caso, um aspecto primordial a se olhar: a condição do produto.

Uma dica é, se possível, testar antes de comprar! Com uma boa pesquisa, você pode achar preços bem melhores e com bom estado de conservação.

Acessórios

Como deu pra perceber lá em cima, algumas opções demandam também acessórios para permitir uma boa experiência na batera! Vamos listar alguns deles abaixo:

Kit de Pratos

Certas baterias acústicas não acompanham pratos. Nessa situação, esses itens precisam ser comprados separadamente. Os conjuntos iniciantes ficam entre R$600 e R$1.000, com chimbal, ataque e condução. Em marcas de referência, como a Zildjian e Krest, o preço passa de mil.

Caso você queira uma opção com maior variedade de pratos, espere valores de mais de R$2.000.

Fones de Ouvido e Caixa de Som

Caso você opte por uma bateria eletrônica, vai precisar de um fone de ouvido para poder escutar o que está tocando. 

Saber como comprar uma bateria, envolve o conhecimento de ferramentas como o fone de ouvido
Um bom par de fones de ouvido são indispensáveis para tocar bateria eletrônica (Foto/Pixabay)

Outra opção é a caixa de som, que te permite também tocar com sua banda! Geralmente, as saídas da bateria são P2 e as entradas da caixa de som, P10. Assim, você precisaria de um cabo P2/P10 para ligar no amplificador!

Gênero Musical

Outro fator importante quando estiver fazendo sua pesquisa em torno de como comprar uma bateria! Afinal, os tambores não são todos iguais e alguns tipos são mais usados dentro de determinados estilos. Um exemplo é o bulbo, que pode aparecer com 22 polegadas ou 18 polegadas. 

O de 22″ é mais grave e é indicado para sons mais pesados. Se você for tocar jazz ou ritmos mais leves, o ideal é o bumbo de 18”.

Os dois tons também podem variar: 12″ e 13″ ou 10″ e 12″. Novamente, os maiores são a dupla mais grave!

Tratamento Sonoro

Essa é uma opção que pode ajudar a amenizar a questão do barulho, caso você opte por ter o instrumento orgânico.

Peles

Existem dois tipos mais famosos: peles mudas e peles de borracha. Elas são colocadas em cima das peças e pratos da bateria, abafando o som.

No ambiente

Outra possibilidade é tratar a acústica do ambiente, o que consiste em revestir as paredes e portas do cômodo com determinados materiais para amenizar o som. Podemos citar algumas opções como: espuma, isopor, caixa de ovo e carpete, por exemplo.

Mas note que eles não atuam como isolantes, de fato! Para isolar realmente um ambiente, é preciso trabalhar internamente as paredes e com o auxílio de um profissional da construção civil.

Estude e evolua

Quando você já tiver sua bateria, vai estar tudo ajeitado para você praticar e evoluir! Melhor ainda se você tiver um conteúdo didático completo e dinâmico, igual o que tem no Cifra Club Academy.

Em breve, um novo curso de bateria exclusivo para os acessantes. Tamo te esperando! Por fim, se ainda há dúvidas, confira as dicas preciosas abaixo:

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK