Cifra Club

Congênito

Luiz Melodia

Cifra: Principal
exibições 35.536
Tom: A
Intro: Bm7  E7/9  C#m7  F#7/9


    Bm7  E7/9   C#m  F#  Bm7  E7/9  C#m F#
E|-------------------------------------|   
B|-------------------------------------|
G|-----7-----------------7-------------|
D|--7----6----6-6--4-|-7---6---6-6--4--|
A|-------------------------------------|
E|-------------------------------------|


      Bm7           E7/9
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           E7/9
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        E7/9
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#       Bm7 E7/9  C#m F#
Quanto   na terra tento descansar   
  Bm7           E7/9
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           E7/9
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        E7/9
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#
Quanto   na terra tento descansar
C#m            F#7
 Mas o tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Nao representa nada
E7     E7/B
 Tá na cara
E7          E7/B    E7   A
Que o jovem tem seu automóvel
C#m        F#7
 E tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Não representa tudo
E7  E7/B    E7     E7/B E7   A
 O puro conteúdo é consideração quem não vê
Bm7              A
goza de consideração quem não vê
      Bm7             A
então saia  consideração quem não vê
     Bm7              E7
Não goza de consideração


    Bm7  E7/9   C#m  F#  Bm7  E7/9  C#m F#
E|-------------------------------------|   
B|-------------------------------------|
G|-----7-----------------7-------------|
D|--7----6----6-6--4-|-7---6---6-6--4--|
A|-------------------------------------|
E|-------------------------------------|


Bm7           E7/9
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           E7/9
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        E7/9
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#       Bm7 E7/9  C#m F#
Quanto   na terra tento descansar   
  Bm7           E7/9
Se a gente falasse menos
    C#m               F#
Talvez compreendesse mais
  Bm7           E7/9
Teatro, boate, cinema
     C#m               F#
Qualquer prazer não satisfaz
Bm7        E7/9
 Palavra figura de espanto
      C#m                F#
Quanto   na terra tento descansar
C#m            F#7
 Mas o tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Nao representa nada
E7     E7/B
 Tá na cara
E7          E7/B    E7   A
Que o jovem tem seu automóvel
C#m        F#7
 E tudo que se tem
F#              B7  B7/F#  B7  B7/F#
Não representa tudo
E7  E7/B    E7     E7/B E7   A
 O puro conteúdo é consideração vê
    Bm7              A
não goza de consideração quem não vê
      Bm7             A
então saia  consideração quem não vê
Bm7            A
sai  consideração quem não vê
    Bm7                     A
não goza de consideração vê
Bm7           A
sai consideração quem não vê...
Acordes para:
    Composição: Luíz MelodiaColaboração e revisão:

    0 comentários

      mostrar mais comentários

      Conseguiu tocar?

      0tocaram0ainda não

      Grave um vídeo tocando Congênito e mande pra gente!

      00:00 / 00:00
      outros vídeos desta música
      repetirqualidadeautomática
      Outro vídeos desta música
        00:00 / 00:00
        automática
        OK