Cifra Club

Aprenda

Canção de Outono

Pedro Morais

Letra

E lá se vai mais uma vez o nosso amor na solidão
Sentado nessa praça o tempo se afoga em recordações
Ao fundo nossas mãos se enlaçam noutras mãos atadas sob o por do sol
E continuo a te ver nas máscaras que surgem como assombrações

E lá se vai mais uma vez a mesma dor na velha estação
O sol que parte leva aquele outro dia que ríamos a toa
Desliza agora sobre o trilho esse vagão vazio de nossas ilusões
Tantas palavras esculpidas no hall de saída, ainda há tanto a dizer

Finjo te esquecer como não esqueço de caminhar
Vejo o entardecer nesse brilho que me cega
Pode ser você nas miragens da janela
Folhas vão caindo nesse outono antigo...

E lá se vai mais uma vez a mesma dor na velha estação
O sol que parte leva aquele outro dia que ríamos a toa
Desliza agora sobre o trilho esse vagão vazio de nossas ilusões
Tantas palavras esculpidas no hall de saída, ainda há tanto a dizer

Finjo te esquecer como não esqueço de caminhar
Vejo o entardecer nesse brilho que me cega
Pode ser você nas miragens da janela
Folhas vão caindo nesse outono antigo...

Mas nada faz voltar o que não foi e nem se foi a flor do espelho
Meus olhos não me viam como sou e hoje nem a mim mais reconheço
Me prendo a imagens que não são acontecimentos
Mas guardo de você esssa canção que nem vou lhe mostrar

Compositor não encontrado.
Colaboração e revisão:
  • Érica Navarro

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK