Cifra Club

As melhores músicas católicas antigas para tocar no violão e louvar

As músicas católicas antigas têm um lugar especial em nossas vidas. Afinal, muitas delas marcaram momentos específicos da nossa história, como idas às missas ou até uma fase difícil em que a fé nunca nos abandonou.

Padre Antônio Maria em igreja
O Padre Antônio Maria é um dos destaques da lista de músicas católicas antigas (Foto/Internet)

Sabendo desse fato, reuni algumas dessas canções que são inesquecíveis e, além disso, excelentes opções para tocar no violão. Continue por aqui e vamos juntos reviver boas lembranças!

7 músicas católicas antigas para você relembrar

A história da música católica é marcada por grandes cantores que fizeram a cena ser o que ela é hoje. O recorte escolhido para comandar nossa lista foi da década de 80 ao início dos anos 2000. Prepare seu violão, pois você vai lembrar de todas as canções a seguir! 

1. Sonda-me (Eu Sei Que Tu Me Sondas)

Essa composição é da década de 80 e ficou conhecida no meio católico principalmente com a interpretação de Eliana Ribeiro. Sonda-me é uma das músicas católicas antigas com mais beleza harmônica e melódica. Isso sem falar da letra, que retrata uma conversa íntima com o Senhor.

A quantidade de acordes dessa cifra pode assustar, pois são 15 ao todo. Mas não tem segredo, basta treinar bem. Para a levada da música, pode iniciar fazendo um dedilhado livre de acordo com a sequência das notas. Quando vier o refrão, a canção ganha intensidade, então aposte em uma batida firme.

2. Oração Pela Família

O Padre Zezinho é, sem dúvidas, um dos maiores nomes da música cristã. Estima-se que ele já tenha contribuído com mais de 3 mil canções autorais para a comunidade católica. Um de seus maiores sucessos é Oração Pela Família, lançada em 1995 e que até hoje toca o coração de todos nós.

Para tocar essa música, é importante dominar as pestanas, ela é usada em todos os 4 acordes. A sequência tem apenas uma variação no pré-refrão, mas, na maior parte da canção, ela segue a mesma. Também há uma introdução que é a cara da obra. Para tocar o trecho, é importante acompanhar a tablatura.

3. Deixa a Luz do Céu Entrar

Para quem é assíduo frequentador das missas, Deixa a Luz do Céu Entrar música não é novidade. Geralmente, ela aparece nos cânticos de entrada do padre e da equipe litúrgica. Como bem diz a letra, é o momento de exaltar a presença de Deus, abrir as portas do coração e deixar a luz do céu entrar.

Tocar essa no violão não é uma tarefa difícil. Sua cifra não tem nada de complexo: os acordes são simples de serem executados e a batida é a mesma para toda a canção. Para treinar e fazer bonito na missa, vale a pena tocar escutando a música. 

4. Noites Traiçoeiras

Você pode ter conhecido essa música na voz de Cantores de Deus, Padre Marcelo Rossi, Eliana Ribeiro ou de vários outros nomes da música católica. Isso porque Noites Traiçoeiras é um grande sucesso desde 1986. A letra de tal louvor toca corações aflitos e direciona para o amor de Deus.

Para tocar esse grande exemplo entre as músicas católicas antigas, a versão do Anjos de Resgate é uma excelente opção. Nessa cifra, você encontra 13 acordes, mas nada muito complexo, inclusive muitos deles são variações, como D e D/F#. Além disso, tem um pequeno solo no início que vale a pena aprender.

5. Segura Na Mão de Deus

Em 2003, o Padre Marcelo Rossi gravou essa música no álbum Maria, Mãe do Filho de Deus, indicado ao Grammy. O sucesso dessa canção perpetua até hoje devido à identificação que causa no público cristão. Momentos de dificuldades são tempo de fortalecer a fé, e músicas como essa ajudam no processo.

A cifra de Segura Na Mão de Deus apresenta 12 acordes. Importante lembrar que a música tem um andamento que denota leveza, então um dedilhado que passeie por todos os acordes pode ser a melhor escolha. Se tiver dificuldade nessa técnica, tente realizá-la de forma devagar até chegar na velocidade correta.

6. Consagração à Nossa Senhora

Continuando com nossa lista de músicas católicasantigas, é hora de citar uma das mais importantes para os devotos de Maria: Consagração à Nossa Senhora. Essa canção foi lançada em 1992 por Fátima Gabrielli e, atualmente, é cantada com muito entusiasmo nas igrejas de todo o Brasil.

A cifra é muito fácil de tocar no violão, principalmente na versão do Padre Antônio Maria. São apenas 8 acordes, e todos estão com os formatos padrões que a gente já conhece. A batida também não tem mistério, é uma só para a música inteira. Super fácil!

7. Quero Te Dar a Paz 

Na missa, antes da Sagrada Comunhão, é hora do rito eclesial, em que se cumprimenta os irmãos presentes na celebração. Uma das principais músicas que neste momento é Quero Te Dar a Paz, do Padre Zeca.

Essa, com certeza, é a cifra mais simples desta lista de músicas católicas antigas, então tocá-la no violão não será um desafio. São apenas 5 acordes: Am, C, D, Em e G. O ritmo é alegre e deve ser tocado com vigor, afinal é hora de dar a paz aos irmãos!

Revigorado?

Não sei você, mas eu concluo esta lista de músicas católicas antigas mais leve! Revisitar canções tão inesquecíveis é uma experiência e tanto. Para continuar nessa energia, sugiro que conheça nosso post sobre o que tem de mais recente na música católica!

Antes de ir, lembre-se de compartilhar o link deste artigo em suas redes sociais e ajudar a espalhar a mensagem de Deus em forma de canções, ok?

Leia também

Ver mais posts

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK