Cifra Club

Incubus

Marillion

Pesadelo

Letra

When footlights dim in reverence to prescient passionforewarned
My audience leaves the stage, floating ahead perfumed shift
Within the stammering silence, the face that launched a thousandframes
Betrayed by a porcelain tear, a stained career
You played this scene before, you played this scene before
I the mote in your eye, I the mote in your eye
A misplaced reaction

The darkroom unleashes imagination in pornographic images
In which you will always be the star, always be the star,untouchable
Unapproachable, constant in the darkness
Nursing an erection, a misplaced reaction
With no flower to place before this gravestone
And the walls become enticingly newspaper thin
But that would be developing the negative view
And you have to be exposed in voyeuristic colour
The public act, let you model your shame
On the mannequin catwalk, catwalk
Let the cats walk, and the cat walks

I've played this scene before, I've played this scene before
I the mote in your eye, I the mote in your eye
A misplaced reaction, satisfaction

You can't brush me under the carpet, you can't hide me under thestairs
The custodian of your private fears, your leading actor ofyesteryear
Who as you crawled out of the alleys of obscurity
Sentenced to rejection in the morass of anonymity
You who I directed with lovers will, you who I let hypnotise thelens
You who I let bathe in the spotlights glare
You who wiped me from your memory like a greasepaint mask
Just like a greasepaint mask

But now I'm the snake in the grass, the ghost of film reelspast
I'm the producer of your nightmare and the performance has justbegun
It's just begun

Your perimeter of courtiers jerk like celluloid puppets
As you stutter paralysed with rabbits eyes, searing the shadows
Flooding the wings, to pluck elusive salvation from theunderstudy's lips
Retrieve the soliloquy, maintain the obituary
My cue line in the last act and you wait in silent solitude
Waiting for the prompt, waiting for the prompt

You've played this scene before

Quando os refletores se obscurecem em reverência à paixão pressentida de antemão
Minha platéia deixa o palco, flanando perfumadamente a troca de turno
Dentre o gaguejante silêncio, o rosto que lançou a mil fotolitos
Traído por uma lágrima de porcelana, uma carreira maculada
Você já fez esta cena, você já fez esta cena anteriormente
Eu, a partícula em seu olho, a partícula em seu olho
Uma reação deslocada

O quarto escuro libera a imaginação em imagens pornográficas
Onde você sempre será a estrela, intocável
Inalcançável, constantemente em silêncio
Acalentando uma ereção, uma reação deslocada
Sem flores para postar ante esta lápide sepulcral
E as paredes se tornam da espessura de papel-jornal
Mas, isso seria revelar a imagem negativa
E você tem que ser exposta, em vores voyeurísticas
O ato público, deixe sua modelo sua vergonha
No desfile da manequim, desfile
Deixe a modelo desfilar, e ela desfila

Eu fiz esta cena anteriormente, fiz anteriormente esta cena
Eu a partícula em seu olho, a partícula em seu olho
Uma reação deslocada, satisfação

Você não pode me varrer debaixo do tapete, nem pode me esconder sob as escadas
O prisioneiro de seus medos particulares, seu ator principal do ano anterior
Quem, como você, rastejou dos becos da obscuridade
Sentenciada à rejeição no lodaçal do anonimato
Você, quem eu dirigi com vontade de amantes, você que eu deixo hipnotizar as lentes
Você, que eu deixo se banhar no brilho dos refletores
Você, que me varreu de sua memória como uma máscara de maquiagem
Exatamente como uma máscara de maquiagem

Mas agora eu sou a serpente na grama, o fantasma de rolos de filme passados
Eu sou o produtor de seu pesadelo, e a performance apenas começou.
Apenas começou

Seu território de erráticos cortesões são como marionetes de celuloide
Enquanto você gagueja paralisada com olhos de coelho, cauterizando as sombras
Inundando as coxias, para arrancar salvação evasiva em plateias cheias
Retém o solilóquio, mantém o obituário
Meu texto de dica no último ato, e você espera em silenciosa solidão
Esperando pela lembrete, esperando pelo lembrete

Você já fez esta cena anteriormente

00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir
Outros vídeos desta música
Composição de Derek William Dick/Mark Kelly/Pete Trewavas/Steve Rothery
Colaboração e revisão:
  • Sérgio Pacca

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK