Cifra Club

Aprenda

Deathbed

Relient K

Leito de Morte

Letra
Já pensou em usar uma coleção de roupas do Cifra Club? Responda as perguntas abaixo e nos ajude nessa missão! →

I can smell the death on the sheets
Covering me
I can't believe this is the end

But this is my deathbed
I lie here alone
If I close my eyes tonight
I know I'll be home

The year is 1941
I was eight years old and far, far too young
To know that the stories of battles and glory
Was a tale a kind mother made up for a son

You see, dad was a traveling preacher
Teaching the words of the teacher
Mother had sworn he went off to the war
And died there with honor, somewhere on a beach there

But he left once to never return
Which taught me that I should unlearn
Whatever I thought a father should be
I abandoned that thought like he abandoned me

By '47, I was fourteen
I'd acquired a taste for liquor and nicotine
I smoked until I threw up, yet I still lit 'em up
For thirty more years, like a machine

So right there you have it
That one filthy habit
Is what got me where I am today

I can smell the death on the sheets
Covering me
I can't believe this is the end

I can hear the sad memories
Still haunting me
So many things I'd do again

But this is my deathbed
I lie here alone
If I close my eyes tonight
I know I'll be home

Got married on my twenty-first
Eight months before my wife would give birth
It's easier to be sure you love someone
When a father inquires with the barrel of a gun

The union was far from harmonious
No two people could've been more alone than us
The years would go by and she'd love someone else
And I'd realized I hadn't been loved yet myself

From there it's your typical spiel
Yeah, if life was a highway, I was drunk at the wheel
I was helpin' the loose ends all fall apart
Yeah, I swear I was destined to fail, and fail from the start

I bowled about six times a week
A bottle of beam kept the memories from me
Our marriage had taken a 7-10 split
And along with my pride, the ex-wife took the kids

I can smell the death on the sheets
Covering me
I can't believe this is the end

I can hear those sad memories
Still haunting me
So many things I'd do again

But this is my deathbed
I lie here alone
If I close my eyes tonight
I know I'll be home

I was so scared of Jesus but he sought me out
Like the cancer in my lungs it's killing me now
And I've given up hope on the days I have left
But I cling to the hope of my life in the next

Then Jesus showed up, said, "before we go
I thought that we might reminisce
See, one night in your life, when you turned out the lights
You asked for and prayed for my forgiveness

"You cried wolf; the tears they soaked your fur
The blood dripped from your fangs
You said, "What have I done?"
You loved that lamb with every sinful bone
And there you wept alone
Your heart was so contrite

"You said, 'Jesus, please forgive me of my crimes
Sanctify this withered heart of mine
Stay with me until my life is through
And on that day, please take me home with you"

I can smell the death on the sheets
Covering me
I can't believe this is the end

I can hear you whisper to me
"It's time to leave
You'll never be lonely again"

But this was my deathbed
I died there alone
When I closed my eyes tonight
You carried me home

I am the way
Follow me and take my hand

And I am the truth
Embrace me and you'll understand

And I am the light?
And for me you'll live again

For I am love
I am love

I am love

Eu posso sentir o cheiro de morte nos lençóis
Me cobrindo
Eu não posso acreditar que esse é o fim

Mas esse é o meu leito de morte
Eu deito aqui sozinho
Se eu fechar meus olhos esta noite
Eu sei que estarei em casa

O ano era 1941
Eu tinha oito anos e era muito, muito jovem
Para saber que as histórias sobre batalhas e glórias
Eram um tipo de "fábula" que uma mãe inventou para seus filhos

Veja, papai era um pregador viajante
Que ensinava as palavras do professor
Mamãe jurou que ele tinha ido para a guerra
E morrido lá com honra, em algum lugar numa praia por lá

Mas ele nos abandonou uma vez para nunca mais voltar
O que me fez pensar que eu deveria esquecer
Tudo o que pensei que um pai deveria ser
Eu o abandonei, assim como ele me abandonou

Em '47, eu tinha quatorze anos
Adquiri um gosto por bebida e nicotina
Eu fumava até vomitar, e ainda continuei fazendo isso
Por mais trinta anos, como uma máquina

Então, bem aqui você vê
Que aquele terrível hábito
Foi o que me deixou onde eu estou hoje

Eu posso sentir o cheiro de morte nos lençóis
Me cobrindo
Eu não posso acreditar que esse é o fim

Eu posso ouvir as tristes lembranças
Ainda me assombrando
Tantas coisas que eu faria novamente

Mas esse é o meu leito de morte
Eu deito aqui sozinho
Se eu fechar meus olhos esta noite
Eu sei que estarei em casa

Casei em meus vinte e um anos
Oito meses antes da minha mulher dar à luz
É fácil ter certeza de que você ama alguém
Quando um pai te pergunta isso com o cano de uma arm

A união estava longe de ser harmoniosa
Outras duas pessoas não poderiam estar mais solitárias que nós
Os anos se passaram e ela amou outra pessoa
E eu percebi que eu não tinha amado nem a mim mesmo

Daqui está sua conversa típica
É, se a vida fosse uma estrada, eu estaria bêbado no volante
Eu estava ajudando as pontas soltas a desmoronar
É, eu juro que estava destinado a falhar desde o início

Eu estragava tudo umas seis vezes por semana
Uma garrafa de beam mantinha as memórias longe de mim
Nosso casamento durou entre 7 a 10 anos
E junto com meu orgulho, a ex-esposa levou as crianças

Eu posso sentir o cheiro de morte nos lençóis
Me cobrindo
Eu não posso acreditar que esse é o fim

Eu posso ouvir as tristes lembranças
Ainda me assombrando
Tantas coisas que eu faria novamente

Esse é o meu leito de morte
Eu deito aqui sozinho
Se eu fechar meus olhos esta noite
Eu sei que estarei em casa

Eu estava com tanto medo de Jesus, mas ele me procurou
Como o câncer nos meus pulmões, ele estava me matando agora
E eu perdi a esperança nos dias que me restavam
Mas me agarrei à ela para minha próxima vida

Então Jesus apareceu, e disse: "antes de irmos
Acho que devemos recordar de uma coisa
Veja, numa noite na sua vida, quando você desligou as luzes
Você pediu e orou pelo meu perdão

Você gritou ferozmente; as lágrimas encharcaram sua pele,
O sangue gotejava das suas presas
Você disse, "O que eu fiz?"
Você amou aquele cordeiro com cada osso pecador
E lá você chorou sozinho
Seu coração estava tão arrependido

Você disse: 'Jesus, por favor, me perdoe pelos meus crimes
Santifique esse meu pobre coração
Fique comigo até que minha vida acabe
E nesse dia, por favor, me leve pra casa com você"

Eu posso sentir o cheiro de morte nos lençóis
Me cobrindo
Eu não posso acreditar que esse é o fim

Eu posso ouvir você sussurrando para mim,
"É hora de partir
Você nunca mais estará sozinho novamente"

Mas esse era meu leito de morte
Eu morri lá sozinho
Quando eu fechei os meus olhos esta noite
Você me levou pra casa

Eu sou o caminho
Siga-me e pegue a minha mão

E eu sou a verdade
Me abrace e você entenderá

E eu sou a vida
E por mim você vive novamente

Porque eu sou o amor
Eu sou o amor

Eu sou o amor

Composição de Matthew Thiessen
Colaboração e revisão:
  • Klinzinha
  • Ana Giacomelli

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK