Cifra Club

Aprenda

Dead Wishes

Chris Cornell

Desejos Mortos

Letra

Staring in the mirror with two borrowed eyes
Looking for the part of me that’s still alive
Waiting for my chest to fall… and rise

Standing on the corner with my shirt tucked in
Summer turns to autumn, winter turns to spring
And it all flies by, like a speeding train

Dead wishes on a broken chain
White roses in a dead man’s dream
Down and out with everything to lose
If these long dead wishes
Ever do come true

Waiting for the night to come and chase away
All the flies hovering around my head
With my memories for a pillow
And all my regrets for a bed

Standing on the corner, never past surprise
Yelling out a warning to some passerby
I stand just as God made me
And I lie down in disguise

Dead wishes on a burning lake
White roses for my soul to keep
Down and out with everything to win
If my long since sunken ship
Ever does come in

'Round and 'round we all fall down
And that's how ancient mountains crumble

Time keeps moving slower
Like falling from the sun
Come and knock me over
I’ll keep getting up
Throw a line down to me
I’ll keep hanging on

Standing on the corner don’t apologize
You don't have to bow your head or raise your eyes
Or pretend that you don’t see me

Dead wishes on a broken chain
White roses in a dead man’s dream
Down and out with everything to lose
If these long dead wishes
If these long dead wishes
Ever do come true

'Round and 'round we all fall down
And that's how ancient mountains crumble

Olhando para o espelho com dois olhos emprestados
Procurando a parte de mim que ainda está viva
Esperando meu peito descer e subir

Parado na esquina com a minha camisa para dentro
O verão vira outono, o inverno vira primavera
E tudo passa rápido, como um trem em alta velocidade

Desejos mortos numa corrente quebrada
Rosas brancas no sonho de um homem morto
Um indigente com tudo a perder
Se esses antigos desejos mortos
Se tornarem realidade

Esperando a noite vir e afugentar
Todas moscas pairando ao redor da minha cabeça
Com minhas memórias como um travesseiro
E todos meus arrependimentos como uma cama

Parado na esquina, não fico mais surpreso
Gritando uma advertência a algum transeunte
Eu sou tal como Deus me fez
E eu repouso disfarçado

Desejos mortos num lago ardente
Rosas brancas para minha alma guardar
Um indigente com tudo a ganhar
Se meu navio há muito tempo naufragado
Alguma vez aparecer

Repetidamente, todos nós fracassamos
E é assim que antigas montanhas desmoronam

O tempo continua se movendo devagar
Como se estivesse caindo do Sol
Venha e me derrube
Eu continuarei me levantando
Lance uma corda para mim
Eu continuarei persistindo

Parado na esquina, não se desculpe
Você não tem que abaixar a cabeça ou levantar os olhos
Ou fingir que você não me vê

Desejos mortos numa corrente quebrada
Rosas brancas no sonho de um homem morto
Um indigente com tudo a perder
Se esses antigos desejos mortos
Se esses antigos desejos mortos
Nunca se tornarem realidade

Repetidamente, todos nós fracassamos
E é assim que antigas montanhas desmoronam

Composição de Chris Cornell
Colaboração e revisão:
  • Eduardo Soares

0 comentários

Mostrar mais comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK