Cifra Club

Aprenda

2112

Rush

2112

Letra

[I. Overture]
And the meek shall inherit the earth

[II. Temples of Syrinx]
We've taken care of everything
The words you hear the songs you sing
The pictures that give pleasure to your eyes

It's one for all and all for one
We work together common sons
Never need to wonder how or why

We are the Priests of the Temples of Syrinx
Our great computers
Fill the hallowed halls
We are the Priests of the Temples of Syrinx
All the gifts of life
Are held within our walls

Look around this world we made
Equality our stock in trade
Come and join the Brotherhood of Man
Oh what a nice contented world!
Let the banners be unfurled
Hold the Red Star proudly high in hand

We are the Priests, of the Temples of Syrinx
Our great computers
Fill the hallowed halls
We are the Priests, of the Temples of Syrinx
All the gifts of life
Are held within our walls

[III. Discovery]
What can this strange device be?
When I touch it, it gives forth a sound
It's got wires that vibrate and give music
What can this thing be that I found?

See how it sings like a sad heart
And joyously screams out its pain
Sounds that build high like a mountain
Or notes that fall gently like rain

I can't wait to share this new wonder
The people will all see its light
Let them all make their own music
The Priests praise my name on this night

[IV. Presentation]
I know it's most unusual
To come before you so
But I've found an ancient miracle
I thought that you should know

Listen to my music
And hear what it can do
There's something here as strong as life
I know that it will reach you

Yes, we know it's nothing new
It's just a waste of time
We have no need for ancient ways
The world is doing fine

Another toy that helped destroy
The elder race of man
Forget about your silly whim
It doesn't fit the plan

I can't believe you're saying
These things just can't be true
Our world could use this beauty
Just think what we might do

Listen to my music
And hear what it can do
There's something here as strong as life
I know that it will reach you

Don't annoy us further
We have our work to do
Just think about the average
What use have they for you?

Another toy that helped destroy
The elder race of man
Forget about your silly whim
It doesn't fit the plan

[V. Oracle: The Dream]
I wandered home though the silent streets
And fell into a fitful sleep
Escape to realms beyond the night
Dream can't you show me the light?

I stand atop a spiral stair
An oracle confronts me there
He leads me on light years away
Through astral nights, galactic days

I see the works of gifted hands
That grace this strange and wondrous land
I see the hand of man arise
With hungry mind and open eyes

They left the planet long ago
The elder race still learn and grow
Their power grows with purpose strong
To claim the home where they belong
Home, to tear the Temples down
Home, to change

[VI. Soliloquy]
The sleep is still in my eyes
The dream is still in my head
I heave a sigh and sadly smile
And lie a while in bed
I wish that it might come to pass
Not fade like all my dreams

Just think of what my life might be
In a world like I have seen
I don't think I can carry on
Carry on this cold and empty life
Oh, no

My spirits are low in the depths of despair
My lifeblood spills over

[VII. The Grand Finale]
Attention all Planets of the Solar Federation
Attention all Planets of the Solar Federation
Attention all Planets of the Solar Federation
We have assumed control
We have assumed control
We have assumed control

[I. Abertura]
E os humildes devem herdar a terra

[II. Templos de Syrinx]
Nós tomamos conta de tudo
As palavras que vocês ouvem as canções que cantam
As imagens que dão satisfação aos seus olhos

É um por todos e todos por um
Nós trabalhamos juntos, filhos da mesma terra
Nunca precisamos perguntar como ou por quê

Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Nossos grandes computadores
Preenchem os salões sagrados
Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Todas as dádivas da vida
São mantidas dentro de nossas muralhas

Olhe em volta para este mundo que fizemos
Igualdade é o nosso lema
Venha e junte-se a Fraternidade de Homens
Oh, que agradável contentado mundo!
Deixe as bandeiras se estenderem
Segure a Estrela Vermelha orgulhosamente ao alto

Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Nossos grandes computadores
Preenchem os salões sagrados
Nós somos os Sacerdotes dos Templos de Syrinx
Todas as dádivas da vida
São mantidas dentro de nossas muralhas

[III. Descoberta]
O que pode ser este estranho aparelho?
Quando eu o toco, ele emite um som
Ele tem cordas que vibram e geram música
O que pode ser esta coisa que encontrei?

Veja como ele canta como um coração triste
E alegremente grita seu sofrimento
Sons que crescem altos como uma montanha
Ou notas que caem suavemente como chuva

Mal posso esperar para compartilhar esta nova maravilha
Todas as pessoas verão a sua luz
Deixá-las todas fazerem suas próprias músicas
Os Sacerdotes louvarão meu nome nesta noite

[IV. Apresentação]
Eu sei que isto é muito incomum
Vir perante vocês assim
Mas eu encontrei uma maravilha antiga
Eu pensei que vocês deveriam conhecer

Ouçam a minha música
E escutem o que ela pode fazer
Há algo aqui tão forte como a vida
Eu sei que ela tocará vocês

Sim, nós sabemos, não é nada de novo
É só perda de tempo
Nós não precisamos de coisas antigas
O mundo está indo bem

Outro brinquedo que ajudou a destruir
A raça antiga do homem
Esqueça sua fantasia boba
Ela não se encaixa no plano

Eu não posso acreditar no que vocês estão dizendo
Essas coisas simplesmente não podem ser verdade
Nosso mundo poderia usar esta beleza
Pensem no que poderemos fazer

Ouçam a minha música
E escutem o que ela pode fazer
Há algo aqui tão forte como a vida
Eu sei que ela tocará vocês

Não nos incomode mais
Temos nosso trabalho à fazer
Pense nos prejuízos
Que utilidade eles têm para você?

Outro brinquedo que ajudou a destruir
A raça antiga do homem
Esqueça sua fantasia boba
Ela não se encaixa no plano

[V. Oráculo: O Sonho]
Eu vaguei para casa por ruas silenciosas
E caí em um sono profundo
A saída para reinos além da noite
Sonho, você não pode me mostrar a luz?

Eu paro no alto de uma escada espiral
Um oráculo confronta-me lá
Ele me guia por anos-luz distantes
Através de noites astrais, dias galáticos

Vejo os trabalhos de mãos talentosas
Que encantam esta estranha e maravilhosa terra
Eu vejo a mão do homem levantar
Com a mente faminta e olhos abertos

Eles deixaram o planeta há muito tempo
A raça antiga ainda aprende e cresce
Sua força cresce com um forte propósito
De reivindicar o lar ao qual pertencem
Voltar para romper com os Templos
Voltar para mudar

[VI. Solilóquio]
O sono ainda está em meus olhos
O sonho ainda está na minha cabeça
Eu suspiro e sorrio triste
E deito um instante na cama
Quisera que isto pudesse acontecer
Não sumir como todos os meus sonhos

Penso como minha vida poderia ser
Em um mundo como eu vi
Eu não acho que posso suportar
Suportar esta vida fria e vazia
Oh, não

Minhas vitalidades estão baixas nas profundezas do desânimo
Meu sangue derrama

[VII. O Grande Final]
Atenção todos os Planetas da Federação Solar
Atenção todos os Planetas da Federação Solar
Atenção todos os Planetas da Federação Solar
Nós assumimos o controle
Nós assumimos o controle
Nós assumimos o controle

Composição de Kåre Christoffer Vestrheim/Geddy Lee/Neil Peart
Colaboração e revisão:
  • Sílvio Okubo

0 comentários

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
OK